conecte-se conosco

Cultura

Teatro sobre dislexia é atração em Paranaguá

Grupo de São Paulo, em turnê nacional, entra em cartaz no Rachel Costa

Publicado

em

Sucesso em todo Brasil, o espetáculo “Um divertido passeio pelo mundo da Dislexia”, da Companhia Triatinhos, de São Paulo será apresentado em Paranaguá. A peça entra em cartaz em única sessão no dia 4 de setembro, às 20h no Teatro Rachel Costa. A entrada custa R$ 20. 

Haverá uma sessão especialmente fechada para os educadores da rede municipal. O teatro tem despertado o interesse de públicos variados em virtude de apresentar um tema educativo: a dislexia. Trata-se de uma abordagem direta sobre um problema escolar comum, em que os personagens interagem com as crianças. A peça é descrita pela crítica especializada como um musical fácil de memorização com muito amor no palco.

 


O teatro tem despertado o interesse de públicos variados

 

Sinopse: A peça conta a história de Pedrinho, um menino tímido e introspectivo, que acalenta o sonho de tornar-se um grande dançarino, porém, por sofrer de dislexia enfrenta rejeição e incompreensão das pessoas com as quais convive, por conta de sua dificuldade com a leitura e a escrita. Faz amizade com os personagens "Betinho Valente" e "Guto Simpatia", dois bonecos encantadores que o levam para salvar o Mundo da Dislexia, onde habitam a Malvada Glenda, uma personagem que representa o lado sombrio e complexo da questão e o Arlequim, um personagem alegre e brincalhão, bem como o Mágico Kandak. Na sua trajetória divertida, esses personagens "do bem" se afeiçoam a Pedrinho, que vivem juntos, uma trama de diversão, aventura e muitas emoções, enquanto informa, conscientiza e discute delicadamente a questão.

CONCEITO

A dislexia do desenvolvimento é considerada um transtorno específico de aprendizagem de origem neurobiológica, caracterizada por dificuldade no reconhecimento preciso e/ou fluente da palavra, na habilidade de decodificação e em soletração. Essas dificuldades normalmente resultam de um déficit no componente fonológico da linguagem e são inesperadas em relação à idade e outras habilidades cognitivas. (Definição adotada pela IDA – International Dyslexia Association, em 2002.

Continuar lendo
Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress