Connect with us

Crônicas

Viajar

Em cena, esse novo “eu” faz a gente arriscar passos de um tango sem nunca termos dançado.

Publicado

em

Viajar é bom. Eu diria até mais, é ótimo!

Viajar faz a gente desprender-se um pouco de nós mesmos. Assumimos um outro eu que se esconde dentro de nós. Num lugar onde somos anônimos, a gente se permite fugir da nossa rotina cotidiana e de nossos hábitos previsíveis.

Em cena, esse novo “eu” faz a gente arriscar passos de um tango sem nunca termos dançado. Aventurar-se dentro de um bote num rio com correntezas. Mergulhar e dar uma espiada em como é a vida submarina. Escalar montanhas. Andar de buggy nas dunas. Querer tocar berimbau. Andar a cavalo ou de camelo. Viajar faz a gente não se reconhecer.

E não nos reconhecendo a gente continua experimentando. Experimentamos comidas exóticas. Exageramos em temperos desconhecidos. Aguçamos o nosso paladar e vamos descobrindo novos sabores.

 Descobrimos também que o não compromisso com o relógio pode ser altamente benéfico. E aí, tanto faz se acordamos cedo ou tarde ou se vamos para cama justamente na hora em que o sol desponta. Viajar faz a gente ficar mais flexível.

Essa flexibilidade acaba permitindo que a gente faça novas amizades, converse sobre outros assuntos, e não dê tanta importância se a pronúncia está certa ou errada. Vamos nos comunicando e aprendendo.

E a gente aprende que viajar é sinônimo de não ficar parado. Viajar é libertar-se de certas amarras. É entregar-se ao novo, ao desconhecido e o que a nós se apresenta. É soltar um grito de liberdade

Liberdade para andar sem pressa na chuva. Tomar um banho de mar noturno. Fazer longas caminhadas e seguir viagem conhecendo novos lugares, apreciando as paisagens, adaptando-se a novas culturas, a novos padrões, a outros povos e civilizações.

Viajar é carimbar um passaporte em que se permite ousar, arriscar, descobrir e se aventurar.

Mas viajar também implica um retorno. É no fechar a conta do hotel que se vê o prenúncio do ponto final. Arrastam-se as malas, cheias das lembranças compradas, que há essa altura a gente já começa a se questionar onde e como vai usar o berimbau. E como não fazemos a menor ideia, seguimos sem resposta. Mas são as bagagens interiores que trazem as preciosidades. Estas costumam vir recheadas de novidades e muitíssimas histórias para contar. Porque nenhuma viagem faz a gente voltar do mesmo jeito que se foi.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.