conecte-se conosco

Crônicas

Versões

Depois de tantos anos de ausência, hoje nos encontramos naquela esquina.

Publicado

em

Ela

Depois de tantos anos de ausência, hoje nos encontramos naquela esquina. Obra do destino que nunca cansa de reproduzir os mesmos clichês.

Você continua um homem atraente e me olhou com olhos urgentes, apressados e desassossegados. Ainda não sabe disfarçar o que sente. 

A boca que eu tanto beijei pronunciou um “oi” sem graça e com baixa sonoridade, praticamente um sussurro. Se eu tivesse me concentrado só na boca, teria feito uma avaliação errada. Mas desci o olhar para elas: as mãos. Elas sempre falaram mais que sua boca.

Estavam inquietas. Você as levou ao rosto para secar o suor que se fez na testa. Cruzou por alguns instantes os braços e, por último, enfiou-as dentro dos bolsos. Enclausurou-as para que não ganhassem alforria.

Do “oi” para o “tudo bem com você?”, somaram-se décadas dentro de segundos.

Não precisei de muito tempo para o diagnóstico: Eu ainda moro aí, dentro de você.

Eu não vou te confessar isso, mas você também mora aqui, dentro de mim.

Ele

Sei que está me investigando com esse olhar certeiro, afinal sempre foi uma mulher inteligente e me desarmou com essa ligeireza de raciocínio. Tenho absoluta certeza que descerá seus olhos para minhas mãos. Aliás, já estão nelas. Escondo-as para que não denunciem mais do que devem.

Continua linda! O tempo não passa para você? E esse decote? Seus seios sempre foram meu ponto fraco. Gasto alguns segundos olhando para eles. Fartos e arredondados. Não fosse o acaso do encontro, diria que você saiu de casa assim de propósito.

Esses seus olhos negros me fitando são um convite que eu hei de resistir. Mas a vontade mesmo é de arrastá-la para um encontro íntimo, em que mataríamos o desejo aprisionado por anos.

“Estou bem. Levando a vida”. O “levando a vida” saiu sem querer. Totalmente desnecessário. E já deduziu, pela minha falta de jeito, que basta a sua presença para que me desconcerte.

Não vou te confessar isso, mas é a mais pura verdade.

Orgulho

O orgulho é uma arma letal que costuma separar os casais.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.