Connect with us

ADI Paraná

Destaque no País

Publicado

em

ADI

A qualidade da produção de café de Carlópolis é destaque no País. A cidade produz atualmente 10,4 mil toneladas do grão por ano, espalhados por cerca de 5 mil hectares. O Paraná é o sexto maior produtor do grão no País, atrás de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Bahia e Rondônia. A produção do café no Estado estimada para esse ano é de 870 mil sacas. O valor da saca, em algumas localidades, ultrapassou R$ 1 mil, tendência reforçada com as geadas recorrentes durante o inverno.

Avanço na vacinação

O Paraná alcançou mais uma importante marca no combate à Covid-19 nesta segunda-feira (13) ao garantir a imunização por completo de 4.056.734 pessoas. O quantitativo equivale a 46,5% do público-alvo, formado por 8.720.953 adultos com 18 anos ou mais. O avanço na vacinação faz com que o Paraná apareça bem colocado nos rankings nacionais. Em relação à 1ª dose, o levantamento produzido pelo consórcio nacional de imprensa coloca o Estado na quinta colocação, atrás apenas de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Distrito Federal (DF).

2.ª dose

Em números absolutos, o município que mais administrou a 2.ª dose ou dose única é Curitiba, com um total de 729.219 pessoas imunizadas. Na sequência, estão as cidades de Londrina (200.382), Maringá (186.586), Cascavel (129.572) e Ponta Grossa (106.035). Proporcionalmente à população, a cidade que mais avançou na aplicação de segundas doses é Esperança Nova, com 62,49% da população adulta contemplada. A lista segue com Sulina (60,16%), São Manoel do Paraná (58,48%), Pontal do Paraná (57,56%) e Kaloré (55,37%).

Ativismo político

O deputado federal Ricardo Barros (PP), atual líder do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) na Câmara falou sobre o ativismo político do Judiciário. “Na minha opinião, as decisões que o Judiciário toma tem o objetivo de influenciar o ambiente político, em se aproveitar de uma oportunidade para se posicionar politicamente, que não tem nada com o jurídico. O Supremo deve arquivar todas as matérias que são prerrogativa exclusiva do Legislativo e do Executivo, mas, ele insiste em decidir coisas que não são da sua atribuição”, declarou Barros.

Expobel 2022

Com o slogan “O melhor a gente vive juntos”, a Expobel 2022 foi lançada na sede nacional da Cresol. A expectativa dos organizadores é de que com o controle do contágio da Covid, a próxima edição, prevista para março do ano que vem, marque a retomada dos grandes eventos. Foram quase 400 mil visitantes em 2020. A Prefeitura Francisco Beltrão garantiu que será adotado o modelo de entrada livre em todos os dias. A Expobel é a terceira maior feira do Paraná. Um ponto de encontro entre comerciantes, empresários, moradores e produtores locais.

Técnica inédita

O PRC-280, principal corredor logístico do Sudoeste paranaense, receberá investimento de R$ 134 milhões. O início das obras da revitalização está programado ainda este mês. O chefe da Casa Civil, Guto Silva, destacou que a rodovia foi estratégica, porém, a falta de melhorias e o fato de não ter sido incluída no Anel de Integração fez com que a via fosse utilizada como um desvio ao pedágio, recebendo um grande volume de veículos pesados que acabaram comprometendo o pavimento. Para a obra, será utilizada uma técnica inédita em estradas estaduais do Paraná, chamada de whitetopping, que é a execução de um novo pavimento rígido de concreto sobre o asfalto já existente.

Coeficiente

Cascavel atingiu 1.002 mortes por Covid-19, apesar de parecer um número elevado ele está abaixo das principais cidades do estado e mostra que as ações desenvolvidas para enfrentar a pandemia conseguiram fazer de Cascavel a cidade com o menor coeficiente de mortalidade entre as dez maiores cidades do Paraná. Em Cascavel, são registradas 298 mortes a cada 100 mil habitantes. A cidade que mais se aproxima desses números é São José dos Pinhais, que tem um coeficiente de 318 mortes a cada 100 mil habitantes. O coeficiente do Paraná é de 326 óbitos a cada 100 mil habitantes.

Janela partidária

O PSDB trabalha com a possibilidade de perder entre oito e dez deputados federais na próxima janela partidária. A direção nacional acredita que os parlamentares trocarão de sigla por terem diagnosticado dificuldades para se reeleger em 2022, mas diferenças ideológicas também devem pesar nas decisões. A legislação eleitoral permite que os parlamentares troquem de partido sem sofrer punições quando faltar seis meses para as eleições. A janela tem duração de 30 dias.

Novidades

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, admitiu que está conversando com o PSL sobre a hipótese de fusão entre os dois partidos (DEM e PSL). “Eu devo admitir e não vou esconder que existe uma conversa em curso, do Democratas com o PSL – sobre a hipótese de fusão dos dois partidos. A ideia que está sendo discutida é a criação de um novo partido, que nasceria um como o maior partido do Brasil. Eu diria a vocês que os próximos 15 dias são decisivos para saber se a fusão vai adiante ou não” ”, afirmou ACM Neto.

Presidência da República

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, vem sendo cotado, por alguns parlamentares, como a pessoa ideal para disputar a Presidência da República no ano que vem. “Rodrigo Pacheco tem um perfil muito adequado, sereno, preparado, correto, tem muita energia, e juízo, se candidato e, se eleito, seria um grande presidente”, disse o senador Antônio Anastasia (PSD-MG).

INSS

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) está revisando cerca de 200 mil auxílios-doença que foram liberados sem perícia em 2020, quando as agências da Previdência Social ficaram fechadas por causa da pandemia da Covid-19. De acordo com o INSS, 3 milhões de pedidos de antecipação foram feitos em todo o Brasil, sendo que um milhão de solicitações foram concedidas e 200 mil ainda estão em análise. Não foi informado um prazo para que essas revisões sejam finalizadas.

Anti-Homofobia

O ex-deputado e presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, terá que pagar R$ 300 mil ao Fundo de Reconstituição dos Bens Lesados, em razão de ofensas homofóbicas realizadas contra o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. A ação foi movida pelo Ministério Público, em abril, e a decisão da 16ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre foi emitida na sexta-feira (10/9).

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.