Connect with us

ADI Paraná

Defesa

Um grupo de empresários do Paraná vai fazer uma campanha em defesa de Sergio Moro.

Publicado

em

Um grupo de empresários do Paraná vai fazer uma campanha em defesa de Sergio Moro. Eles vão espalhar a imagem do ex-ministro em outdoors de 30 cidades nos próximos dias. A iniciativa, do Sindiabrabar e Feturismo, pretende proteger a imagem do ex-juiz atacado nas redes sociais desde que deixou o governo.

Guerra virtual

“Assusta essa guerra virtual e esse submundo que tenta macular a imagem de Sergio Moro”, diz Fábio Aguayo, presidente do Sindiabrabar. A campanha começar elo Paraná e deve seguir para Santa Catarina e Minas Gerais.  O mote é “Fechado com Sergio Moro” e mais adiante, o grupo não descarta lançar a candidatura presidencial do ex-ministro.

Cabine de descontaminação 

A empresa Tower Parts, fabricante de autopeças e que tem a sua unidade de fabricação doou de uma cabine de descontaminação para São José dos Pinhais. Segundo Lauro Oliveira Junior, gerente-Geral da empresa, a cabine utiliza produtos inofensivos a saúde e ao meio-ambiente e é capaz de descontaminar as vestes de uma pessoa em apenas 5 segundos.

Sessão virtual

O TCE inicia uma nova fase coma primeira sessão virtual da história. Devido à pandemia causada pelo Coronavírus, o tribunal passa a realizar semanalmente, sempre às 14h, as sessões por meio de videoconferência, com a participação de todos os conselheiros e auditores, além do procurador-geral do Ministério Público de Contas.

Retomada

O Tribunal de Contas do Paraná retomou o curso dos prazos processuais e as sessões de julgamento de seus órgãos deliberativos. Ambos estavam suspensos desde o dia 18 de março, em virtude da necessidade de isolamento social para reduzir os efeitos da pandemia da Covid-19. A retomada foi autorizada pelo presidente, conselheiro Nestor Baptista.

Recorde negativo 

Na epidemia de dengue, os números da doença não param de aumentar em Cascavel e chegam a recordes negativos.  Referente ao período de julho de 2019 até esta semana, a cidade tem 3.610 casos confirmados da doença. “É um número alcançado pela primeira vez em Cascavel. Não é um número para ser comemorado. E, sim, para repensar nossas atitudes como cidadãos”, pontua a diretora da Vigilância em Saúde, Beatriz Tambosi.

Epidemia geral

Mais da metade das 399 cidades do Paraná estão em estado de epidemia de dengue, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. Até então 223 cidades (55,8%) apresentam proporcionalmente incidência maior que 300 casos autóctones – contraídos na própria localidade – por 100 mil habitantes.

Comida Boa

O deputado Hussein Bakri (PSD) afirmou que os municípios do Paraná já estão recebendo os vouchers do Programa Comida Boa, criado para socorrer financeiramente um milhão de famílias em situação de vulnerabilidade social. Por meio de um cartão com um QR Code, será possível comprar R$ 50 de alimentos em supermercados credenciados junto ao Estado. A medida se soma a outras como a ampliação dos limites dos programas sociais da Copel e da Sanepar e o adiamento no pagamento das parcelas habitacionais devidas à Cohapar.

Toque de recolher

O TJ voltou a determinar a retomada do toque de recolher em Maringá. A decisão é a segunda em processos diferentes, no intervalo de uma semana. A prefeitura diz, em nota, que o toque é “recurso importante de prevenção ao Coronavírus”, e vai aguardar notificação da Justiça para “ponderar a melhor decisão a ser tomada”. Cascavel e Cianorte têm toque de recolher. Mangueirinha estuda a medida

“Vamos Juntos”  

Para ajudar os empreendedores do Norte Pioneiro na busca de soluções para a crise, o Sebrae em parceria com diversas entidades e sindicatos empresariais da região, vai disponibilizar consultorias gratuitas através dos canais digitais da instituição, movimento “Vamos Juntos Norte Pioneiro”. O movimento vai abrir um canal para ouvir os empresários da região e ajudá-los na busca de soluções, acesso a informações e também promover a conexão para a criação de estratégias que minimizem os impactos da crise.

Parcerias internacionais

A Faciap fechou parceria com a Otimiza Brasil. A Otimiza é especializada em soluções de eficiência administrativa, consultoria em internacionalização, desenvolvimento e financiamento de projetos e atua em mais de 84 países e nos 27 estados. A ideia é dar suporte aos empresários associados que desejam ampliar mercado internacionalmente, oferecendo financiamento de projetos de expansão no Brasil e no exterior, assessoria financeira, M&A, missões comerciais e parcerias internacionais.

Presos em liberdade

O Podemos ingressou com um mandado de segurança no STF para tentar suspender a recomendação do CNJ que trata da liberação de presos por conta da pandemia da covid-19.  O partido alega que a crise sanitária não pode ser pretexto para impunidade. Segundo o senador Alvaro Dias, há detentos, inclusive de alta periculosidade, sendo beneficiados com alvarás de soltura e mudança de regime para o domiciliar. A iniciativa foi rejeitada pelo ministro Marco Aurélio Mello.


“Grande conquista”
O Instituto de Israel anunciou que desenvolveu um anticorpo para o coronavírus e que se prepara para produzir em escala comercial.  Em comunicado, assegura que o anticorpo desenvolvido ataca e neutraliza o vírus nas pessoas doentes. O ministro da Defesa de Israel, Naftali Benet, visitou o laboratório do instituto onde tomou conhecimento da pesquisa. Ele afirmou que o “anticorpo ataca o vírus de forma monoclonal” qualificando o trabalho desenvolvido como “grande conquista”.


Socorro aos estados

O Sul e o Sudeste devem receber quase R$ 1 bilhão a mais dos R$ 10 bilhões destinados exclusivamente para a saúde propostos pelo projeto de socorro aos estados e municípios. O Sudeste deve receber R$ 920 milhões a mais do que o previsto na proposta do Senado. O Sul receberá R$ 26 milhões a mais. São Paulo é o estado que mais se beneficia com a mudança, com um aumento de R$ 784 milhões na previsão de recursos.

Notícias falsas  

O Whatsapp e a Rede Internacional de Checadores de Fatos criaram um serviço de esclarecimento para tirar dúvidas e combater notícias falsas envolvendo a pandemia do coronavírus. A iniciativa envolve redes de agências de checagem em 74 países, que já produziram mais de 4,8 mil desmentidos em 43 idiomas. O serviço consiste em um robô virtual. Para tirar dúvidas, basta o usuário enviar a mensagem “hi” para o número +1 (727) 291-2606.

Redação ADI-PR Curitiba
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em
www.adipr.com.br.

Continuar lendo