Connect with us

Cidadania

Lei que garante atendimento preferencial para autistas é realidade em Paranaguá

União de Famílias pelo Autismo comemora conquistas e busca conscientizar a sociedade

Publicado

em

Em abril do ano passado, um grupo de mães de filhos autistas iniciou a entrada do processo de criação da União das Famílias pelo Autismo (UFA), em Paranaguá. O objetivo é preencher uma lacuna que existe na sociedade, de desconhecimento sobre o transtorno do espectro autista. Esta é a primeira associação criada no município com o olhar voltado para a conscientização em escolas, empresas, órgãos públicos e na orientação das famílias.

A diretoria é composta por seis integrantes, além dos associados que se dispuseram a ajudar com a iniciativa. “A Associação é o sonho de muita gente há muito tempo”, contou a vice-presidente da UFA, Sara Caroline Alves Dias. Ela explicou que após um ano de criação é possível ter alguns benefícios como tirar CNPJ e ter conta bancária. “Agora, poderemos buscar recursos também”, explicou Sara.

A intenção é promover a conscientização na sociedade e auxiliar famílias que acabaram de receber o diagnóstico de autismo.

“Essa fase de aceitação é muito complicada, pois é algo ainda muito desconhecido. Existe ainda muita coisa para ser estudada na área, o autismo é muito recente. Muitas pessoas já apareceram para nos ajudar, fizemos uma reunião com a secretária municipal de Educação, assim como com o pessoal da Apae, e com alguns vereadores que se dispuseram a ajudar”, contou Sara.

LEI EM PROL DOS AUTISTAS DE PARANAGUÁ


Vice-presidente da UFA, Sara Caroline Alves Dias, afirmou que a associação era um sonho de muitas mães

No ano passado, foi instituída em Paranaguá a lei n.º 3.760, que cria a Semana Municipal da Conscientização do Autismo, a ser lembrada no mês de abril. A lei, de autoria do vereador Francisco Nóbrega, em seu artigo 4.º, ainda estabelece o atendimento preferencial em filas de “rede bancária, órgãos públicos e comércio aos portadores da síndrome de espectro autista, devendo estes estabelecimentos estarem devidamente identificados desta preferência”. A lei institui ainda no Protocolo da Prefeitura, o selo azul para a preferência na tramitação de processos administrativos junto aos órgãos públicos municipais aos portadores desta síndrome.

Algumas redes de supermercado do município já possuem o símbolo para dar a preferência, assim como acontece com idosos, gestantes, mulheres com crianças de colo e deficientes físicos.

“A gente orienta os pais que não encontrarem nos estabelecimentos comerciais esse símbolo do autismo, que é um laço, a entrarem em contato com SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), pois se todo mundo fizer, algo pode ser feito”, lembrou Sara.

Para a primeira semana de abril, a UFA quer realizar uma reunião com os pais e trazer profissionais, como psicólogos, para disponibilizar mais informação. No entanto, ainda não está decidido o local. Por isso, a UFA está aberta para quem quiser ajudar de alguma forma com essa semana ou com o trabalho realizado, de forma geral. “Estamos em busca de um espaço estratégico para que a gente consiga levar todos os pais de autistas de Paranaguá”, destacou Sara.

Os interessados podem entrar em contato pelo telefone (41) 98416-1451 ou (41) 99166-2402. A UFA também tem página no Facebook, onde as famílias podem entrar em contato e tirar dúvidas.

 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.