conecte-se conosco

Valmir Gomes

UNIÃO ALEXANDRENSE, DIGNO CAMPEÃO

Era domingo à tarde, dia de futebol, a Estradinha estava bonita, toda limpa e com pintura nova, os vestiários uma beleza, a corporação musical Império da cidade de Morretes dava um show.

Publicado

em

Era domingo à tarde, dia de futebol, a Estradinha estava bonita, toda limpa e com pintura nova, os vestiários uma beleza, a corporação musical Império da cidade de Morretes dava um show. Tinha até um telão com imagens e depoimentos do querido e saudoso Mário Roque. Waldir Braz e sua equipe se multiplicavam nos últimos detalhes, afinal estava chegando a hora da grande final da Copa Litoral, entre União Alexandrense e Cruzeiro de Morretes. Sob fortes aplausos e fogos de artifícios, na hora marcada as duas equipes entraram em campo, ao lado do trio de arbitragem, ouviram perfiladas o hino nacional. O prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, e a diretoria do Rio Branco, se faziam presentes, bem como em bom número as torcidas dos dois clubes. Quando a bola rolou, vimos um jogo de futebol com determinação e boa técnica, sem violência. Aos poucos, o União foi se adonando do jogo, até chegar à vitória por 4×0 e conquistar o sonhado título de bicampeão da Copa Litoral Mário Roque. Tarde inesquecível para os moradores na querida Alexandra. Parabéns, dignos campeões.

 

O JOGO E O CRAQUE FEIJÃO

Que me desculpem o pessoal do Cruzeiro de Morretes, o União fez um segundo tempo de luxo, sobrou na partida. Do guapo Bruno Dalago até o atacante Lucas, todos  atuaram bem. Madeira, Rafinha, Filipinho e Lucas Dino confirmaram a fama de bons jogadores. Entretanto, o craque do jogo foi o zagueiro Feijão, não perdeu uma jogada, seguro na defesa, coberturas perfeitas, com boa saída de bola, joga simples e com eficiência. Na equipe do Cruzeiro, gostei do guapo Gilberto, falhou no primeiro gol, porém se redimiu com grandes defesas, mostrando personalidade. Leandro, Jonatan, Ítalo, Michel, Pablo, mesmo na derrota atuaram bem.

 

WILIAM TEIXEIRA DEU SHOW DE ARBITRAGEM

Momentos antes do jogo na cabine da Rádio Ilha do Mel, ao lado do grande narrador Claudio e dos comentaristas Daniel Lemos, Sérgio do Carmo e Bentinho, deparei com o William fazendo embaixadas com a bola. Disse no ar, o juiz e do ramo, sabe de futebol. Dito e feito, William Teixeira fez uma arbitragem de qualidade, foi tranquilo e competente. Se tiver pouca idade, aconselho fazer o curso de árbitros na Federação Paranaense de Futebol, tem o dom da arbitragem. Nas bandeiras, William Pereira e Mauro Lourenço completaram o trio com qualidade e serenidade. Show de arbitragem.

 

A VOLTA DOS COXAS

Foi mais fácil do que o esperado, o Coritiba venceu o Vitória de virada e retornou à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. No meio da festa pela conquista, a torcida mostrou mais uma vez sua importância. Passada a euforia da conquista, os coxas têm que rever muitos conceitos, inclusive a qualidade das futuras contratações.

 

RIO BRANCO

O trabalho continua a todo vapor, futura iluminação, Estradinha em obras permanentes, contratações, treinamentos físicos e técnicos, jogo treino em Joinville, e por aí vai. A diretoria e a comissão técnica estão irmanadas no melhor para o Leão da Estradinha.

 

APOIO AO ESPORTE DO LITORAL

Como sempre a Folha do Litoral News faz, foi dado apoio total ao esporte da nossa região, por isso hoje a coluna foi dedicada à final da Copa Litoral Mário Roque. A melhor cidade, o melhor bairro e a melhor casa é sempre a nossa.

 

 

Continuar lendo
Publicidade