conecte-se conosco

Valmir Gomes

Oromar, meu personagem da semana

O menino Oromar Antônio Neves, filho do seu Antônio Neves e da dona Zina Neves, desde a mais tenra idade mostrava habilidade com a bola.

Publicado

em

O menino Oromar Antônio Neves, filho do seu Antônio Neves e da dona Zina Neves, desde a mais tenra idade mostrava habilidade com a bola. Morador nas cercanias do Seleto, vivia no clube e se tornou o craque da categoria juvenil. Até ser convidado a exibir seu futebol no Rio Branco. Para ser titular, teve que mudar de posição, saiu da meia cancha onde Odair reinava absoluto, e foi para a ponta direita, se notabilizar como um dos melhores ponteiros do Brasil. Um dia conheceu a simpática jovem Lúcia Arakaki e, num amor à primeira vista, casou com a hoje  Dra Lúcia Arakaki Neves. Fruto desta união tiveram dois filhos, o médico Oromar Arakaki Neves e o engenheiro de Computação Kimar Arakaki Neves.

Por se destacar no Rio Branco, Oromar foi contratado pelo Coritiba, onde jogou por quatro temporadas. Só saiu dos coxas porque o então técnico Filpo Nunes, quis ganhar comissão nos seus contratos. Não aceitou a corrupção e foi para o União Bandeirantes emprestado, de lá retornou ao Rio Branco, onde paralelo ao futebol fez curso para Policial Rodoviário Federal. Hoje aposentado desta função, vive com sua querida Lúcia em Paranaguá. Torcedor do Rio Branco não perde jogo na Estradinha, reconhecido até hoje como ídolo da torcida, tem simpatia pelo Coritiba e Flamengo. Oromar Antônio Neves, o parnanguara que subiu a serra para encantar os curitibanos com a magia do seu futebol, por sua conduta irreparável dentro e fora dos campos, por seu amor e carinho com a família, com os amigos e fãs, é o meu personagem da semana.

 

RODADA COM OS PARANAENSES

Na segunda divisão, no sábado, às 19 horas, em Curitiba, jogam Paraná Clube e Bragantino. O time paulista lidera a competição com folgas, o Tricolor da Vila Capanema vem de duas vitórias seguidas. Imagino um jogaço de bola, decidido nos detalhes. Em Ponta Grossa, o Operário recebe o Londrina um clássico paranaense, os donos da casa estão na zona do rebaixamento enquanto o Londrina é o terceiro colocado. Bom duelo com leve vantagem para o Tubarão. Pela primeira divisão, o Athletico recebe o Internacional, domingo às 16 horas na Arena. Uma velha rivalidade de difícil prognóstico.

 

COM VAR UMA VERGONHA

Ainda repercute a arbitragem do jogo Athletico 1×1 Flamengo, com decisões equivocadas do árbitro Daronco, mesmo com auxílio do moderno e lento VAR. Interessante, todos os equívocos do VAR favoreceram o Flamengo do eixo Rio-São Paulo, com ou sem VAR a farra continua. Como diria Boris Casoi, uma vergonha.

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.