Logotipo

Valmir Gomes

O país do Renato Russo

18 de junho de 2019

Meus filhos e netos adoram Renato Russo, por consequência, eu também, afinal o cara era bom mesmo, letrista e intérprete das suas canções como ninguém. Mais intérprete do que cantor. E daí! Agora falam em Lula livre e Moro fora do governo; que país é este? Que a nova safra de técnicos é melhor que Telê Santana; opa! Que Najila deu um carrinho em Neymar. Que a neta Sasha não gosta da vó Szafir, e que o Bolsonaro detesta o Levy. Se vivo fosse o Renato Russo faria shows por todo Brasil cantando com um coro de milhares de vozes, QUE PAÍS É ESTE, minha gente. Lamentavelmente estagnamos como nação, os partidos estão acima do País. Os interesses pessoais e os interesseiros de plantão não aceitam mudanças. Querem continuar mamando nas tetas do Brasil. Que País é este, perguntaria Renato Russo com sua irreverência sem fim.

 

COPA AMÉRICA DO CIFRÃO

Fui buscar no mapa-múndi a América do Sul, lá não encontrei os vizinhos do Qatar e muito menos do Japão, só cifrão! Sim apenas cifrão que significa unidade monetária de certos países. Entendi o porquê do Qatar e do Japão estarem disputando nossa Copa. Fico triste pela América do Sul, que no passado foi roubada por "seus descobridores" portugueses e espanhóis, de maneira inesquecível. Fico triste também pelo futebol, que se presta a interesses unicamente financeiros, na competição que hora se realiza. Lastimável, minha gente. Pior, param o Campeonato Brasileiro por causa da Copa América dos cifrões.

 

ACABOU A FESTA EM PARIS

O presidente do PSG, Nasser Al Khelaifi, foi verdadeiro na sua resposta ao repórter da imprensa parisiense. "Não haverá mais espaço para o estrelismo dos jogadores. Eles têm que assumir responsabilidade. Se não concordarem as portas estão abertas. Tchau". Foi curto e grosso como deveria ser o dono do time. Acabou a festa em Paris e arredores, o Neymar e seus parceiros que se cuidem. Tenho comigo que este exemplo do PSG vai ganhar o mundo do futebol.

 

NOVIDADES UNIMED

Dia desses, fui tomar um café com meu amigo Daniel Nery, assessor de imprensa da gigante da saúde Unimed Paranaguá. Como sempre, o Daniel ocupado com os novos projetos da sua empresa. Depois do café saí da Unimed com a certeza de que a dupla Dr. Mário Percegona e Daniel Nery está sempre com novas ideias em benefício da empresa que dirigem e dos seus associados. Vêm novidades por aí. Aguardem!

Fotos

Compartilhe