Logotipo

Valmir Gomes

A VERDADE DO TÉCNICO CUCA

30 de agosto de 2018

Gente, o futebol é um esporte camuflado, normalmente os integrantes do mundo da bola, não dizem nas entrevistas o que pensam. Muito menos existe companheirismo, seja no clube ou na seleção, é um tal de cada um por si e estamos conversados. Na conturbada noite de terça-feira, no Pacaembu, o Santos foi desclassificado da Libertadores pelo Independiente em um erro administrativo. Muita confusão, o jogo sequer terminou, a polícia teve trabalho dobrado para conter parte da torcida santista. No meio de tudo isso, o técnico Cuca foi a voz da verdade nas entrevistas. Criticou o próprio clube, colocando em risco sua permanência no cargo. Mais do que isso, mostrou coragem e conhecimento de causa. Sabe mais da parte administrativa que toda atual diretoria, sua fala, se bem aproveitada, vai fazer um bem danado ao futebol brasileiro. Tem muito dirigente juvenil comandando clube profissional. Uma verdade que poucos têm a coragem de dizer publicamente.

AGRESSÃO NA CAMPANHA POLÍTICA

Não morro de amores pelo professor Galdino, um ex-vereador curitibano em campanha para Deputado Estadual. Sempre achei Galdino um ponto fora da curva, uma inteligência voltada para sua satisfação pessoal. Portanto, sem condições de cargo público, onde se pensa na coletividade. Entretanto, se verdadeira, a traiçoeira agressão feita ao Galdino no centro de Curitiba é um fato inadmissível e deplorável. Um risco a nossa frágil democracia. Ao professor Galdino, saúde e solidariedade.

A MORTE DA LENDA GAÚCHA

O gaúcho João Carlos D'Avila Paixão Cortes foi o primeiro tchê que levou a tradição do campo para a cidade. Filho de estancieiro e funcionário público, o jovem Paixão Cortes saiu da sua cidade natal, Santana do Livramento, e foi estudar na capital. Quando terminou a guerra na década de 40, o estudante começou uma revolução nos costumes de Porto Alegre. Usava botas e bombacha nas aulas, quando frio o velho ponche, tomava chimarrão nos intervalos. Se não bastasse isso, junto com alguns colegas da fronteira gaúcha, fundou o primeiro CTG, posteriormente a Chama Crioula, e a semana Farroupilha, espalhou a tradição gaúcha pelo mundo. Agrônomo, músico, cantor, radialista, compositor, escritor, e modelo da Estátua do Gaúcho. Homem atemporal, gaúcho universal, Paixão Cortes será sempre uma lenda viva.

GRÊMIO

O velho Grêmio precisava vencer o Estudiantes para continuar sua caminhada na Libertadores, no tempo regulamentar foi um sofrimento danado, a vitória veio nos acréscimos da partida. Nas penalidades foi mais fácil, vaga garantida. Camisa pesada, time copeiro, sua luta continua rumo ao título. Emoções à vista.

Fotos

Compartilhe