conecte-se conosco

Valmir Gomes

A Alma do Londrina

Tem jogador que nasceu para atuar em determinado clube. Germano é um desses, já correu o mundo, porém sua identificação com o Tubarão, pode…

Publicado

em

Tem jogador que nasceu para atuar em determinado clube. Germano é um desses, já correu o mundo, porém sua identificação com o Tubarão, pode ser considerada um caso especial. Germano tem garra aliada à classe, combinação importante para ao natural se tornar um líder. Joga na meia cancha, porém se multiplica como um polvo, com seus sustentáculos, por todo o campo. No meio reina absoluto, por vezes se transforma em zagueiro e, quando menos se espera, vira atacante. Nos dois últimos anos foi o goleador do seu clube, na verdade Germano é a alma do Londrina. Muitos se especulou sobre seu futuro, diziam que aos 36 anos e vendendo saúde, ia abandonar o futebol. Bastou uma conversa com o Sérgio Malucelli e Ocimar Bolicenho, para renovar por mais dois anos. Convenhamos um presente de Natal aos amantes do futebol.

 

BEM-VINDO, PAULO BAIER

Conheci Paulo Baier no Criciúma, quando ainda era Paulo César, de lá para cá muita água rolou na carreira deste extraordinário jogador de futebol. Trocou de nome e posição, e acabou ganhando prestígio por onde jogou. No Goiás reinou absoluto e trocou de posição, foi dar aula de futebol na meia cancha. Por muitos anos foi o maior artilheiro do Brasileirão. No Atlético Paranaense, foi um professor de futebol, jogou tanto que causou ciúme no diretor do Clube. Um ídolo. Um dia no São Luiz da sua querida Ijuí, parou de jogar, justamente onde tudo começou. Agora veio iniciar carreira de técnico no simpático Toledo, vai ser o comandante no Campeonato Estadual. Seja bem-vindo, Paulo Baier, professor de futebol e gente da melhor qualidade.

 

SEGUNDA DIVISÃO

Na terça-feira, como estava previsto, houve o arbitral da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense de 2018. Comandado pelo presidente Hélio Cury e com a presença do vice Hamilton Stival, ficaram decididas a fórmula e as datas do referido campeonato. A novidade foi a ausência do J. Malucelli, em seu lugar, o Batel confirmou inscrição. A competição será disputada de fevereiro a maio de 2018. Aos participantes, boa sorte.

 

NOVIDADE NO RIO BRANCO

As notícias se espalham rapidamente, me contaram que o nosso querido Rio Branco pode ter novidade na sua diretoria. Falam em gestor para o departamento de futebol, uma espécie de modelo, que deu certo no Londrina com o Sérgio Malucelli. Olha, gente, não é fácil dirigir o futebol em clube sem sócios pagantes e pelo menos um grande patrocinador. A cota da televisão no campeonato Estadual, é apenas uma gota no oceano das despesas. Gestor deve ter experiência, credibilidade e honestidade, além de bons patrocinadores e recurso financeiro pessoal. Não sei se alguém com estas características estaria propenso a assumir um clube no Campeonato Estadual. Que eu saiba, não existem Carlos Werner (patrocinador pessoal do Paraná Clube) e Sérgio Malucelli, disponível no litoral do Paraná.

 

FRASE

"Um povo que não cuida e não respeita seus idosos é um povo sem futuro material e espiritual". Mais um ensinamento do Papa Francisco, este Pastor de corpo e almas da igreja Católica.

 

 

Publicidade






Em alta

plugins premium WordPress