Logotipo

Secretaria de Assistência Social convida entidades filantrópicas para reunião

07 de feveiro de 2018

O secretário municipal de Assistência Social, Levi de Andrade, salientou a importância de apoiar as entidades

Compartilhe

A Secretaria Municipal de Assistência Social convida as entidades filantrópicas de Paranaguá para uma reunião que será realizada amanhã, 8. O encontro tem como objetivo conhecer mais sobre os projetos e iniciativas e selecionar as de maior destaque para um curso de capacitação que pode ajudá-las na captação de recursos e na elaboração de projetos.

A reunião acontecerá a partir das 14h na sede da secretaria, localizada na Rua Baronesa do Cerro Azul, n.º 2.520, no bairro Palmital. Podem participar todas aquelas entidades que realizam atividades sociais com crianças, adolescentes, mulheres, famílias, idosos e pessoas em situação de rua.

O secretário municipal de Assistência Social, Levi de Andrade, disse que existe um recurso da prefeitura para colaborar com as entidades sociais, mas que é necessário um procedimento legal para isso acontecer. “Por isso estamos convidando as entidades que estão regulares ou não, porque a prefeitura, por meio de licitação, está contratando uma entidade que dará um curso de capacitação para que elas possam captar recursos e não dependam apenas da prefeitura, do Estado ou da União”, explicou Levi.
Os representantes de entidades não terão custo para participar do curso. Durante a reunião de amanhã, será repassada todas as informações e detalhes sobre essa capacitação, que será restrita para 15 iniciativas e ainda não tem data confirmada para início. “Dentro dos interesses da política pública de governo da Assistência Social, vamos selecionar 15 entidades”, frisou o secretário Levi.

A reunião será realizada na sede da secretaria, no bairro Palmital

 

APOIO FUNDAMENTAL

Para o secretário é primordial que a prefeitura apoie esses projetos para que eles tenham condições de continuar com os trabalhos em prol da comunidade. “Temos a informação de que existem em torno de 65 entidades em Paranaguá, mas parte delas está desativada e uma que foi embora por falta de apoio que foi o Exército da Salvação. Já temos recursos em caixa e estamos finalizando a possibilidade dos empresários e pessoas físicas fazerem doações. É preciso fazer um projeto, que diga onde o dinheiro será aplicado, que tipo de serviço, tem que prestar contas. Vamos dar todo o apoio possível”, salientou Levi.

Além dessa novidade, segundo o secretário, muitas outras serão anunciadas para este ano e que tendem a colaborar com a população. Estima-se que 22 novos programas sociais sejam implantados em Paranaguá nos próximos meses.

 


 







Colunistas