conecte-se conosco

Turismo

Turismo no Carnaval terá impacto de R$ 6,78 bilhões em todo o País

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, aponta que os dados reforçam a importância do mercado de viagens à recuperação econômica do País

Publicado

em

Segmento de alimentação, com aproximadamente 18,4 mil vagas ofertadas, deve ser responsável por cerca de 78% das oportunidades

A combinação de inflação baixa e dólar cerca de 20% mais caro em relação ao início de 2018 deve favorecer gastos no turismo doméstico durante o Carnaval deste ano. A avaliação é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que prevê um impacto total de R$ 6,78 bilhões nas principais atividades econômicas do ramo em todo o País entre o sábado, 1.º de março e a Quarta-feira de Cinzas, 6 de março.

O resultado, já descontada a variação de preços, representa uma alta de 2% na comparação com o ano anterior, além de indicar a reversão de perdas em relação às três festas passadas.

Diante da maior demanda, a entidade estima a contratação de 23,6 mil trabalhadores temporários entre janeiro e fevereiro, número 23,4% superior ao do último Carnaval e o maior índice desde 2015 (21,2 mil). O segmento de alimentação, com aproximadamente 18,4 mil vagas ofertadas, deve ser responsável por cerca de 78% das oportunidades. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, aponta que os dados reforçam a importância do mercado de viagens à recuperação econômica do País. “Por trás da festa, que lota os principais destinos nacionais, há um enorme impacto no setor de serviços, o que fortalece a retomada do crescimento e a geração de emprego e renda”, observa.

O estudo da CNC indica que os Estados do Rio de Janeiro (R$ 2,1 bilhões) e de São Paulo (R$ 1,9 bilhão) respondem por 62% da movimentação financeira durante a folia, seguidos de Minas Gerais (R$ 615,5 milhões), Bahia (R$ 561,9 milhões), Ceará (R$ 320 milhões) e Pernambuco (R$ 217,6 milhões). 

Juntas, as demais Unidades da Federação devem somar cerca de R$ 1 bilhão. Na opinião do economista-chefe da Confederação, Fabio Bentes, a atual conjuntura econômica proporciona o aumento do fluxo interno de visitantes. “Neste ano, a massa de rendimentos está mais favorável e mais pessoas estão ocupadas. Isso, em um ambiente de inflação baixa e crédito mais barato, beneficia gastos não essenciais”, explica.

O levantamento estima que os segmentos de alimentação fora do lar, como bares e restaurantes, devem gerar R$ 4,1 bilhões, seguidos de transporte rodoviário, com R$ 859,3 milhões, e de meios de hospedagem, que vão faturar R$ 774,3 milhões. Reunidas, estas atividades vão responder por mais de 84% da receita gerada. Conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), nos 12 meses encerrados em janeiro de 2019, os valores de 17 serviços mais demandados no Carnaval registram oscilação média de +4,3%, abaixo da média histórica do período. Itens como cerveja (-1,8%), carne de porco (-0,9%) e linguiça (-0,2%), por exemplo, estão mais baratos do que há um ano.

 

PRÉ-CARNAVAL

Entre os dias 24 e 29 de fevereiro, o ministro Marcelo Álvaro Antônio planeja cumprir uma agenda de pré-Carnaval nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador e Belo Horizonte, onde pretende se reunir com gestores do setor. O objetivo é discutir a preparação dos destinos para garantir segurança aos foliões durante o período de Momo e fazer o lançamento de campanha do MTur voltada à prevenção e ao combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no âmbito do turismo.

Fonte: Ministério do Turismo
Foto: Divulgação Prefeitura Municipal do Rio

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.