Logotipo

Parque Estadual Rio da Onça é opção de lazer no litoral

26 de janeiro de 2018

Unidade de Conservação é do tamanho de 118 campos de futebol (Foto: Arnaldo Alves/ANPR)

Compartilhe

A 600 metros da praia, em Matinhos, uma Unidade de Conservação do tamanho de 118 campos de futebol abriga um trecho remanescente de Mata Atlântica repleto de bromélias, orquídeas de rara beleza e outras espécies da vegetação típica da planície litorânea do Estado. É o Parque Estadual Rio da Onça, que fica entre os balneários Riviera e Praia Grande.

O local é aberto à visitação e entre os atrativos estão as trilhas, pontes elevadas e o mirante, onde é possível observar a formação das copas das árvores. Para conhecer o parque de 118 hectares, o visitante pode percorrer cinco trilhas, num circuito de 1,5 quilômetro, sem voltar pelos mesmos lugares. Todas as trilhas são bem demarcadas, acessíveis e planas, fazendo do parque um local apropriado para qualquer perfil de visitante.

Por conta dessa biodiversidade, a Unidade de Conservação também serve como um laboratório ao ar livre para pesquisas (Foto: Arnaldo Alves/ANPR)

Logo em frente ao Centro do Visitante começa a Trilha Grande, com pontes suspensas que facilitam a travessia de trechos alagados, uma das principais características do parque. Quase na metade do caminho, o visitante chega ao Mirante das Bromélias, ponto de descanso e observação deste tipo de planta nativa e muito comum no parque. Nele, o olhar do visitante fica perto da copa das árvores, onde as bromélias estão alojadas.

A flora é composta por diversas espécies que se sobressaem no interior do parque como canelinha, caúna, cupiúva, jacarandá, tapiá e mangue do mato. A fauna no local também é bastante diversificada, algumas pesquisas de campo registraram a existência de mais de 25 espécies de répteis e 19 anfíbios. Entre eles lagarto, mão pelada, suçuarana e tatu.

Por conta dessa biodiversidade, a Unidade de Conservação também serve como um laboratório ao ar livre para pesquisas. “O parque também é muito procurado por estudantes para desenvolver pesquisas científicas”, afirma o gerente Aneuri Moreira de Lima.


Parque Estadual Rio da Onça

Localização: 600 metros da praia. 
Acesso pela PR-412, 
Balneário Riviera II.
Horário de funcionamento: 
de terça-feira a domingo, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. Nos feriados o local funciona nestes mesmos horários.
Informações: (41) 3453-2472


AEN

Colunistas