conecte-se conosco

Turismo

Fluxo de visitantes movimenta o Mercado do Artesanato

Vendas aumentaram nos últimos dias em função da alta temporada

Publicado

em

Nos meses de inverno, principalmente julho, período de alta temporada no Brasil, o fluxo turístico aumenta em várias cidades. Férias escolares e eventos regionais ajudam a impulsionaram as viagens.

Os efeitos positivos da temporada estão refletindo em locais onde há a circulação de turistas, como por exemplo, no Mercado do Artesanato. De acordo com os artesãos que atuam no local, as festividades na Praça de Eventos Mário Roque ajudam a elevar as vendas.

Rosane de Fátima Nascimento trabalha no local há 9 anos. Ela faz produtos utilizando conchinhas do mar, madeira, vidro e sementes.

“Gosto de reaproveitar os produtos para transformar em arte. Os turistas valorizam e isso serve como incentivo para fazer cada vez mais”, destacou a artesã. 

Ela ressalta, ainda, que nesta época do ano as vendas aumentam em virtude das festas.

“As pessoas de fora são as que mais compram. Os turistas são os nossos maiores clientes, eles gostam de produtos diferentes”, explica.

A artesã Erani Santos trabalha no ramo há 20 anos, confeccionando diversos itens.

“Tivemos nos últimos 30 dias um aumento nas vendas. Os ímãs de geladeira com temas de Paranaguá estão fazendo sucesso entre os turistas. As canoas de madeira também são procuradas, são feitas pelo seu Anísio, que mora na Ilha dos Valadares. Ele é artesão com muito tempo de experiência”, ressalta. 

O Mercado do Artesanato oferece também produtos diferentes, como, por exemplo, roupinhas para bonecas. Ilze Araújo, de 62 anos, 25 dedicados ao artesanato, é especialista neste tipo de trabalho.

“Os turistas se encantam com as roupinhas de boneca e meus clientes são crianças que vêm com os pais. Muitos vêm de Curitiba especialmente para isso e voltam várias vezes”, conta a artesã. 

Ilze trabalha com variados tipos de teares. Um deles é o ‘pente liço’, com o qual ela cria cachecóis. Também confecciona roupas em tricô, e crochê de grampo e tear de flores. Mas são as roupinhas de boneca que fazem sucesso entre o público. 

Outro destaque no mercado são os artigos feitos em cipó. Sueli Alípio dos Santos, de 64 anos, trabalha com artesanato há mais de 40. Ela é cipoeira, profissão que exerce diariamente criando inúmeros produtos. Do cipó ela faz chapéu, caixinhas e samburá (tipo de cesto).

“O que mais chama atenção dos turistas são os  itens feitos de cipó, porque são diferentes do que eles estão acostumados a ver. As pessoas de fora valorizam muito e, nesta época de julho, as vendas aumentam por causa dos eventos na praça e das férias” conta. 

 Sueli confeccionou uma viola juntamente com o seu Zeca da rabeca

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.