Logotipo

Estrada da Graciosa é uma excelente opção de passeio para o feriado no litoral

09 de outubro de 2018

Rota turística do Paraná liga Curitiba às cidades de Antonina e Morretes, através da Serra do Mar

Compartilhe

A Estrada da Graciosa, Rodovia PR-410, possui 40 km de extensão e atravessa a Serra do Mar, no Paraná, interligando Curitiba às charmosas cidades históricas de Antonina e Morretes.
A estrada utiliza a antiga rota dos tropeiros ligando a parte alta da serra ao litoral do Estado, atravessando o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil, marcado pela mata tropical e pelos belos riachos que nascem na Serra do Mar.

Ainda hoje, a Estrada da Graciosa mantém 8 quilômetros calçados com paralelepípedos, com muitas curvas sinuosas envolvidas por encostas floridas, picos, montanhas, cachoeiras e belas paisagens.

Em 1993, parte do trecho da Serra foi declarada pela UNESCO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Na região, existem dois importantes parques estaduais: o Parque Estadual da Graciosa e o Parque Estadual Roberto Ribas Lange.
Ao longo da rodovia, são mantidos 7 recantos, contendo estruturas de lazer (churrasqueiras, sanitários, mirantes) que facilitam o acesso dos visitantes que querem conhecer as belezas da Serra do Mar paranaense.

 

COMO CHEGAR 

 

Partindo do centro de Curitiba, são 40 km pela BR-116, Rodovia duplicada Regis Bittencourt, até o portal da Estrada da Graciosa.
Para quem vem de São Paulo, são 364 km, também pela BR-116.
Já o acesso pela parte de baixo da serra, se dá pela rodovia BR-277, que liga Paranaguá a Curitiba, pegando o acesso para Morretes.


 

Colunistas