Logotipo

2018: natureza é principal atrativo de destinos-tendência no Brasil

06 de feveiro de 2018

Foz do Iguaçu está entre os 50 melhores destinos para se visitar

Compartilhe

Rankings, listas e premiações internacionais que mapeiam as tendências de viagem do ano apontam que o interesse por turismo sustentável, ecoturismo, natureza, sol e praia estão em alta e irão beneficiar o Brasil.
E não é para menos. Rico em biodiversidade, reservas de água doce, com um litoral extenso e florestas preservadas, o Brasil é o país mais competitivo do mundo em recursos naturais, segundo o Fórum Econômico Mundial.
Se você quer conhecer “aquela” praia paradisíaca, combinar turismo e aventura em uma escalada nos cânions, tirar do papel aquele “detox digital” em um hotel-fazenda ou um retiro espiritual entre montanhas, você não está sozinho. Com o calendário de feriados 2018 na mão e a listinha de desejos passada a limpo, escolha o seu e comece a se programar desde já.

TURISMO SUSTENTÁVEL

A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, escondida no coração da Amazônia, é finalista 2018 da Categoria Community Award do prêmio “Tourism for Tomorrow”, do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês). Mamirauá é a maior área de mata de várzea protegida do mundo e, no meio dela, flutua uma pousada ecológica de gestão compartilhada entre o Instituto Mamirauá e as comunidades da área da reserva. Sob a ótica do turismo de base comunitária, o local preza pela conservação dos recursos naturais da região com estrutura sustentável de energia (solar), água (da chuva coletada e armazenada), gastronomia (local) e liberação de efluentes (tratados antes de retornarem ao rio).
Uma associação de guias de ecoturismo foi criada pelos próprios moradores para ajudar na gestão do turismo local e fortalecer a organização. Ideal para viajantes com foco em ecoturismo e que querem experimentar a floresta de perto, oferece toda a beleza verdejante da Amazônia brasileira, combinada com o melhor da rica cultura local.

“QUERIDINHOS”

A revista americana “Travel & Leisure”, referência internacional do setor de viagens no mundo, divulgou sua lista anual dos 50 melhores lugares para viajar em 2018. De acordo com a publicação, sempre há algo novo a explorar nas Cataratas do Iguaçu (PR) e em São Paulo (SP), representantes brasileiros da lista.
Enquanto o Parque Nacional do Iguaçu abriga um incrível exemplar do Patrimônio Natural da Humanidade – as 275 quedas que formam as cataratas e toda a beleza da cortina d’água e sua fauna e flora –, São Paulo é destaque pela cena artística e cultural fervilhante e pela gastronomia e hotelaria de luxo.

CENÁRIO URBANO

Brasília (DF) e Curitiba (PR) aparecem no 2.º e 3.º lugares, respectivamente, da categoria “destinos em alta” na América do Sul, pelo prêmio Travellers’ Choice 2018, distinção concedida pelo site de viagens Trip Advisor. A lista é baseada em milhares de avaliações e opiniões de viajantes do mundo todo, bem como no aumento das buscas dos visitantes do site e avaliações positivas ali registradas.
Coincidência ou não, há traços em comum nos pontos turísticos mais visitados nas duas capitais: as obras de Oscar Niemeyer (como a Catedral de Brasília e o Museu de Curitiba) e os recantos de natureza (como o Jardim Botânico em Curitiba e o Parque da Cidade em Brasília).

AVENTURA E NATUREZA

A imponência da paisagem natural também é pré-requisito obrigatório da lista de destinos divulgada pelo Skyscanner, ferramenta de busca de passagens áreas e outros produtos turísticos. Junto com Foz do Iguaçu, aparecem as cidades de Lençóis (BA) e Parnaíba (PI), que devem atrair grande volume de visitantes em 2018.

Fonte: Ministério do Turismo

Colunistas