conecte-se conosco

Trânsito

Construção de viaduto na BR-277 exige atenção dos motoristas

Serviços terão uma pausa entre o Natal e o Ano-Novo e serão retomados no dia 3 de janeiro

Publicado

em

O viaduto em construção na entrada de Paranaguá, no km 5, exige atenção dos motoristas para os desvios no trânsito. O trecho onde a BR-277 se divide entre as avenidas Ayrton Senna da Silva e Bento Rocha. O investimento de R$ 12,7 milhões tem a intenção de melhorar o fluxo de carros e caminhões que utilizam a região. Os serviços terão uma pausa neste fim de ano, entre o Natal e o Ano-Novo e serão retomados no dia 3 de janeiro.

Enquanto a obra não é concluída, a orientação do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) é que os motoristas dirijam com cuidado e respeitem a sinalização presente no local.

“O DER informa que o trecho em obras e o desvio estão devidamente sinalizados e recomenda que os motoristas respeitem as orientações para evitar acidentes”, explicou em nota o DER-PR.

Obra está na fase de concretagem da primeira laje

DESVIOS

Desde o último dia 8 de novembro, a obra tem um novo desvio para caminhões que possuem altura superior a 4,60 metros e para os que seguem para o Pátio de Triagem ou para o Porto de Paranaguá. Já o acesso pela Avenida Ayrton Senna da Silva continua normal para veículos, ônibus e caminhões que possuem altura inferior a 4,60 metros. O desvio está sinalizado com placas, cones e luminosos”, informou o DER-PR.

A expectativa com a conclusão do viaduto é desafogar o trânsito e tornar o trecho mais seguro aos motoristas de caminhões que trafegam na região rumo ao Porto de Paranaguá e também da população que reside na área.

“Após a conclusão da obra, a altura máxima para passagem de veículos sob o viaduto será de 5,50 metros”, afirmou o DER-PR.

A previsão de conclusão da obra é junho de 2019, já que as ações foram iniciadas em junho deste ano e a estimativa é de 12 meses de execução de serviços até a entrega. Agora, o trabalho está na fase de concretagem da primeira laje.

DETALHES DA OBRA

O viaduto terá 900 metros de extensão, seis metros de altura e 7,6 de largura. O Porto de Paranaguá informou que a construção vai atender o aumento do fluxo de veículos projetado com o crescimento da demanda que, de acordo com o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto Organizado (PDZPO) do Porto de Paranaguá, receberá 80 milhões de cargas anuais em 2030. Hoje, o porto movimenta cerca de 50 milhões de cargas ao ano.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.