Connect with us

Trânsito

35 mil veículos devem descer ao litoral do Paraná no primeiro fim de semana de 2020

Volta das praias deverá ser concentrada no domingo, 5, com 25 mil veículos subindo a Serra do Mar (Foto: Guilherme Pupo)

Publicado

em

Ecovia ressalta que, neste sábado, 15 mil veículos irão circular em direção às praias

O primeiro fim de semana de 2020 deve ser de movimento intenso na BR-277 e vias estaduais em direção ao litoral do Paraná. De acordo com a Ecovia, ao todo, cerca de 35 mil veículos devem descer a Serra do Mar de Curitiba em direção às praias paranaenses na sexta-feira, 3, e sábado, 4. Este fluxo se soma a quem ainda está na praia desde o feriado de Ano-Novo, visto que algumas empresas e órgãos públicos retomam o expediente na segunda-feira, 6, sendo que a volta será concentrada no domingo, 5, quando haverá intensa movimentação nas vias de acesso litorâneas.

De acordo com a assessoria da Ecovia, concessionária responsável pela BR-277 e pelas PRs 407 e 408, caminho obrigatório no Paraná para Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, municípios que concentram o maior número de praias no Estado, na sexta-feira, 3, cerca de 20 mil veículos viajaram para o litoral. "A previsão para o litoral do Paraná é que cerca de 15 mil veículos desçam no sábado, 4. O maior movimento deve acontecer no período da manhã, entre 9h e 10h, com mais de 1,4 mil veículos passando pela Praça de Pedágio", informa a Ecovia.

"O usuário deve, sempre que possível, programar a viagem com antecedência. Para saber as condições do tráfego, há a possibilidade de consultar o site (ecovia.com.br), o aplicativo Ecorodovias, o Twitter da concessionária (@Ecovia) e o telefone 0800 410 277. Esse telefone também serve para solicitar apoio nas rodovias em casos de emergência durante o percurso. Funciona 24h. Além do número da Ecovia, o usuário também deve ter em mãos o 191 (contato da Polícia Rodoviária Federal) e o 198 (contato da Polícia Rodoviária Estadual)", explica a concessionária.

VOLTA DAS PRAIAS

Este fluxo se soma a quem ainda está na praia desde o feriado de Ano-Novo (Foto: Guilherme Pupo)

No domingo, 5, o retorno de veículos do litoral para Curitiba será intenso, com movimento de aproximadamente 25 mil veículos, algo que será concentrado no período da tarde. "Já na segunda-feira, 6, o fluxo deve ser menor, com mais movimento apenas no período da manhã. A expectativa é que o trânsito esteja mais tranquilo a partir das 14h na volta à capital paranaense. Reforçamos, contudo, que os números podem sofrer alterações por conta de uma possível antecipação de retorno dos motoristas, em razão das condições climáticas do litoral do Paraná", ressalta a assessoria da Ecovia.

BALNEABILIDADE DAS PRAIAS

Na sexta-feira, 3, cerca de 20 mil veículos viajaram para o litoral (Foto: Guilherme Pupo)

Na sexta-feira, 3, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) divulgou boletim de balneabilidade que confirmou que as águas das praias do litoral do Paraná seguem próprias para banho. Na região, apenas a praia de Ponta da Pita, em Antonina, segue imprópria para banho. “Vistas de cima, as praias podem aparentar água mais escurecida, mas isso se deve apenas à areia mais escura que o Estado possui”, afirma a diretora de Monitoramento Ambiental e Controle da Poluição do IAP, Ivonete Coelho da Silva Chaves. “Nossas praias estão entre as mais limpas do País”, completa.

Segundo o IAP, são monitorados 49 pontos de toda a orla: 13 em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, seis na Ilha do Mel, três em Morretes e dois em Antonina. "Vale alertar os veranistas que, além dos 49 locais monitorados semanalmente no litoral, o boletim mostra dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho, independentemente da época do ano. No boletim, eles estão destacados em letras maiúsculas", explica a assessoria.

"Anualmente, técnicos do IAP monitoram a qualidade das águas no período de maior fluxo de veranistas para avaliar a concentração de bactérias Escherichia coli (E.coli) na água. Quanto maior a quantidade da bactéria na água, maior a possibilidade da existência de agentes patogênicos, que podem colocar em risco a saúde dos banhistas, provocando problemas gastrointestinais, como vômitos e diarreias", finaliza a assessoria do IAP.

 

Com informações da AEN/Verão Maior

 

 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.