Connect with us

Trânsito

190 mil veículos circularam pelo litoral do Paraná durante o Natal

Principais causas dos acidentes com morte foram desatenção, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, ingestão de álcool, desobediência à sinalização e presença de animais na pista (Foto: Ecovia)

Publicado

em

PRF registrou 15 mortes, 159 feridos e 121 acidentes nas estradas federais do Paraná

Até a noite de quinta-feira, 26, a Ecovia, concessionária responsável pela BR-277 e estradas de acesso às praias do Paraná, registrou o movimento de 190 mil veículos no litoral. Apesar do alto fluxo ser um índice positivo para a economia da região, visto o aumento de turistas nos municípios, houve um número negativo: a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) registraram um crescimento do número de acidentes com mortes no Paraná.

De acordo com a PRF, em todo o Paraná foram contabilizados 15 óbitos, 159 pessoas feridas e 121 acidentes. "O total de mortes registradas pela PRF no Estado é 25% superior ao verificado durante o Natal de 2018, quando 12 pessoas perderam a vida. Na operação do ano passado, outras 164 pessoas saíram feridas e 131 acidentes foram atendidos. Durante a operação deste ano, as equipes da PRF flagraram em território paranaense 137 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, 594 ultrapassagens proibidas e 86 crianças sendo transportadas sem cadeirinha. No total, 418 veículos foram recolhidos, por diferentes irregularidades", ressalta a assessoria, destacando que as causas dos 11 acidentes com mortes foram: desatenção, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, ingestão de álcool, desobediência à sinalização e presença de animais na pista.

"Das 15 mortes, 14 ocorreram em situação de pista seca. A maioria dos óbitos foi registrada em trechos de pista simples (12 mortes), em retas (10) e no período noturno (9). O tipo de acidente que mais resultou em mortes foi a colisão frontal, com seis óbitos em quatro ocorrências. Dos 15 mortos, quatro eram motociclistas e um pedestre. Em seus balanços estatísticos, a PRF contabiliza somente as mortes ocorridas nos locais dos acidentes", ressalta a PRF.

ESTRADAS ESTADUAIS

De acordo com o BPRv, de 20 a 25 de dezembro durante a Operação Natal foram contabilizados 99 acidentes que resultaram em 131 pessoas feridas (Foto: Ecovia)

De acordo com o BPRv, de 20 a 25 de dezembro durante a Operação Natal foram contabilizados 99 acidentes que resultaram em 131 pessoas feridas e 11 mortes. "Em comparação com o ano passado, o número de acidentes caiu 9,17% – foram 109 em 2018, com 133 feridos (-1,5%). Os registros de óbitos aumentaram 57,14%. Sete pessoas morreram nas rodovias estaduais no mesmo período de 2018 e 11 neste ano. Nas praias, houve oito acidentes, todos sem óbito", explica a assessoria.

"Além do registro de acidentes, foram feitos 2.165 testes etilométricos (teste do bafômetro). Dez condutores foram notificados por dirigir após o uso de bebida alcoólica (artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro) e seis acabaram presos por embriaguez ao volante (artigo 306). Com radares móveis em pontos estratégicos das rodovias, houve 2.076 flagrantes de excesso de velocidade e 2.025 autuações de trânsito", ressalta o BPRv.

Iniciada pelo Governo do Estado no dia 21, a Operação Verão Maior 2019/2020 está realizando ações preventivas e ostensivas com foco na segurança no trânsito em todo o litoral. "De acordo com comparativo entre o feriado prolongado de Natal deste ano com o do ano anterior, o número de acidentes caiu 38,46% (de 13 para 8), com redução de 80% na quantidade de pessoas feridas (de 15 para 3). A fiscalização nas rodovias da região resultou em 354 imagens por radar de excesso de velocidade e 225 autuações de trânsito", explica a assessoria.

 

Com informações da PRF e da AEN

Continuar lendo