Logotipo

Equipe de Patrulhamento Costeiro do 9.º Batalhão da PM realiza missão em Guaratuba

10 de setembro de 2019

Patrulhamento na região deverá ser contínuo (Foto: 9.º BPM)

Compartilhe

Policiais fizeram visita de reconhecimento nas comunidades de Cubatão, Limeira e proximidades

Na quarta-feira, 4, equipe tática de Patrulhamento Costeiro do 9.º Batalhão (9.º BPM) da Polícia Militar do Paraná (PMPR) atuante no 6.º Comando Regional da PM (6.º CRPM) realizou missão de reconhecimento em Guaratuba nas comunidades de Cubatão, Limeira e proximidades. A operação teve a missão de prevenção contra a criminalidade e reforço da segurança nas regiões, bem como demonstrar a presença da Polícia Militar nas localidades rurais em questão com diálogo junto aos moradores. 

Segundo a assessoria do 9.º BPM, a equipe foi composta por um aspirante a oficial e três soldados e realizou policiamento motorizado com viatura terrestre. “A missão era o reconhecimento das comunidades de Cubatão, Limeira e localidades vizinhas. A Operação de Reconhecimento iniciou às 8h30, em Paranaguá, passando por Guaratuba e adentrando a Estrada de Cubatão, local foco do objetivo da missão”, explica.

Segundo a PM, moradores no Cubatão, entre eles uma mulher de 55 anos, relataram problemas com a questão das drogas, bem como destacou que esta nova modalidade de policiamento trará mais tranquilidade aos moradores. 

“Continuando pelo caminho, após um longo trecho percorrido, a guarnição chegou ao povoado de Cubatão, uma comunidade rural de Guaratuba, que cultiva mandioca, banana e outros produtos de extrema qualidade. A equipe parou no comércio ‘Lanches da Nane’, para uma breve refeição e, já aproveitando a oportunidade, a aplicação do policiamento comunitário. Os policiais foram recebidos pela senhora Elaine, proprietária do estabelecimento. Ela relatou a sua preocupação com a violência crescente na região, destacando, inclusive, o fato de terem acontecido duas mortes recentemente na localidade, ambas, provavelmente, ligadas ao tráfico de drogas, desgraça que aflige tanto o meio urbano, quanto o rural, atualmente”, informa o 9.º BPM.

De acordo com a PM, moradores relataram que a “Festa de São Joaquim”, que acontece anualmente no dia 17 de agosto, atrai turistas paranaenses e catarinenses, algo que fomenta o turismo e a economia regional. 

Policiais militares visitaram diversos pontos e dialogaram com os moradores (Foto: 9.º BPM)

PONTE DO RIO CUBATÃO

“Prosseguindo com a ronda pela estrada, a equipe chegou à ponte sobre o rio Cubatão. Essa obra possui um grande valor para a região, tanto para a movimentação dos moradores, como também para o comércio de banana, principal fonte de renda do Cubatão. A primeira estrutura da ponte foi criada pelos moradores locais, em 1991. Atualmente há uma nova edificação, que se fez necessária, e foi inaugurada no dia 17 de agosto de 2019, maior e mais segura, pois a antiga já estava deteriorada, colocando em risco a integridade dos seus usuários”, explica a assessoria, destacando a importância da ponte para integração e transporte de produtos na região.

Outro ponto visitado pela PM foi a Escola Rural Municipal Professora Elvira Detroz Amorim. Os policiais se aproximaram e foram recebidos pela senhora Rosicleia, moradora na região, zeladora e merendeira da Escola Rural. Rosicleia informou que de dia, a escola é frequentada por 13 crianças, de tarde, por 5, sendo jardim e pré-escola. Se apresentou também a senhora Gesiane, responsável pelo Posto de Saúde ao lado da Escola. Ela relatou que na Região de Limeira residem 92 famílias, sendo um total de 264 moradores, tendo por líder comunitária a senhora Nelizia Miranda. Gesiane também forneceu registros da próxima comunidade, denominada Rasgadinho, a qual possui 51 famílias, sendo um total de 175 pessoas, tendo como líder da comunidade o senhor Alberto Inácio Júnior”, informa a assessoria.

AGRADECIMENTO DOS MORADORES

Por volta das 16h, a equipe finalizou a sua missão de patrulhamento costeiro. “Os policiais verificaram que são, de fato, e como já era esperado, muito carentes da presença policial. Os moradores nas localidades patrulhadas receberam com surpresa, e muita gratidão, a chegada dos policiais militares. Simpáticos, e extremamente acolhedores, motivaram a equipe pelo sucesso do trabalho, fomentando o espírito de missão cumprida, e o desejo por novas aventuras”, finaliza a assessoria do 9.º BPM.

 

*Com informações da assessoria do 9.º Batalhão da PMPR.


Colunistas