Logotipo

Aplicativo Emergência Paraná já recebeu 81 ocorrências em uma semana de atividade

16 de outubro de 2018

App 190 está disponível para download na Google Play

Compartilhe

Programa está funcionando em Curitiba e será aplicado em breve em todo o Paraná e no litoral

Em uma semana de funcionamento, o aplicativo Emergência Paraná (App 190) da Polícia Militar, recebeu 81 solicitações de emergência desde o dia 2 de outubro, data de lançamento da plataforma na loja do Google Play. O balanço aponta que desse total, 47 foram de perturbação de sossego. As situações são de Curitiba e Região Metropolitana. Posteriormente, a PM pretende implementar o aplicativo em todo o Paraná, incluindo o litoral do Estado.


“A Polícia Militar inova seu canal de contato de emergência com o cidadão disponibilizando uma plataforma que facilita o repasse de informações e garante maior acessibilidade às pessoas que possuem limitações de ordem auditiva e de fala. A interação entre o policial militar e o cidadão passa ser mais estreita e efetiva”, disse o Chefe do Centro de Operações Policiais Militares (COPOM), major Olavo Vianei. 

Segundo o integrante do Centro de Operações Policiais Militares (COPOM), capitão Cláudio Prus, das 81 solicitações para atendimento de ocorrências de emergência, 56 tiveram atendimento efetivo (a solicitação foi atendida pela PM), e 25 canceladas. O levantamento aponta ainda que a maior parte dos pedidos refere-se a casos de perturbação de sossego (47 solicitações), uma das contravenções que mais são demandadas à Polícia Militar pelo 190. Houve também o registro de duas infrações de trânsito e de dois casos de furto qualificado.

“Dos pedidos cancelados, 22 foram de teste, em que as pessoas cadastravam uma ocorrência somente para verificar se haveria o atendimento real, um pedido de solicitação de informação e outras duas situações canceladas a pedido do solicitante”, explicou o capitão. As ocorrências cadastradas pelo aplicativo são de Curitiba e Região Metropolitana.

A nova ferramenta tem conquistado a confiança dos usuários e mais de 5 mil downloads foram feitos. “Na primeira semana tivemos um feedback muito positivo das equipes de atendimento de emergência, bem como do solicitante, que é o que nós mais almejávamos. O cidadão começou a conversar mais com a Polícia Militar e a ter a sua expectativa de atendimento concluída, com o retorno sobre a sua demanda”, disse Prus.

A cada período o aplicativo terá atualizações em busca de uma comunicação mais efetiva com a população e mais dinamismo no momento de acionar uma equipe policial. Segundo o capitão Prus, relatos sobre dificuldade no cadastramento inicial já estão sendo sanados. 

“Temos um comitê gestor do aplicativo, são integrantes da Polícia Militar, da Celepar e demais órgãos envolvidos na criação da plataforma e vamos tratar das melhorias periodicamente. Já melhoramos algumas coisas nesta primeira semana, corrigimos alguns pequenos erros para facilitar cada vez mais ao cidadão”, acrescentou.

A ferramenta foi idealizada pela PM e o projeto recebeu apoio técnico da Companhia Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (CELEPAR), em conjunto com a Diretoria de Desenvolvimento Tecnológico e Qualidade (DDTQ) da PM, do Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) e da Diretoria de Pessoal (DP) da Corporação. Durante aproximadamente um ano o aplicativo foi projetado e passou por testes e modificações para ser lançado oficialmente e ficar disponível para o uso.

As pessoas podem baixar o aplicativo gratuitamente em seus celulares, desde que tenham o sistema operacional Android. Após baixar o aplicativo, o usuário fará um cadastro rápido no portal Governo Digital, com informações pessoais (nome completo, RG, CPF, e-mail) e a partir daí será criado um perfil que armazenará todo o histórico de solicitações e atividades.

Fonte: Polícia Militar do Paraná
Foto: Soldado Amanda Morais/PMPR)

Colunistas