Logotipo

9.º Batalhão da Polícia Militar do Paraná tem novo comandante no litoral

06 de fevereiro de 2019

Tenente-coronel Marcos Rodrigues assume comando do 9.º BPM 

Compartilhe

O tenente-coronel Rui Noé Barroso Torres, que até então comandava o 9.° Batalhão de Polícia Militar (9.º BPM), pertencente ao 6.º Comando Regional da PM (6.º CRPM), encerrou sua passagem pela unidade e passou o cargo ao tenente-coronel Marcos Rodrigues na manhã de terça-feira, 5, durante uma cerimônia no Sesc Caiobá, em Matinhos.

A mudança faz parte do ciclo de oxigenação do comando da unidade, para revigorar as ações de Polícia Militar nos sete municípios da região litorânea do estado. Durante o evento foi inaugurada a foto oficial do tenente-coronel Barroso na Galeria de Ex-Comandantes do 9.º Batalhão.

A cerimônia foi presidida pelo Subcomandante-Geral da PM, coronel Antônio Carlos de Morais, por conta do Comandante-Geral da PM, coronel Péricles de Matos, acompanhar o governador Carlos Massa Ratinho Júnior em Cascavel (PR), juntamente com o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, general Luiz Felipe Kraemer Carbonell.

O coronel Morais salientou que a mudança de comando das unidades operacionais é rotineiro na corporação a fim de renovar as energia e os projetos em benefício da população, bem como coroar o desempenho profissional dos oficiais que já possuem experiência e competência para assumir o comando de uma unidade. 

“Os tenentes-coronéis Barroso e Marcos são oficiais que por onde passaram deixaram um legado positivo e entendemos que em qualquer unidade que eles estarão não haverá prejuízo, muito pelo contrário, o trabalho será continuado, dando a sua pessoalidade no novo comando. Algumas mudanças são positivas, as formas de pensar podem ser diferentes, mas que convergem para o bem comum da Polícia Militar e de toda a sociedade”, explicou.

O Comandante do 6.º Comando Regional de Polícia Militar (6.º CRPM), coronel Valterlei Matos de Souza, fez um elogio ao tenente-coronel Barroso pelos serviços prestados no batalhão, bem como enquanto esteve à frente das atividades da Operação Verão. “A gente percebeu que o Barroso fez um ótimo trabalho, não só na Operação Verão, mas também com a comunidade local. Foi uma atuação acentuada em que agora podemos colher os resultados. O tenente-coronel Marcos é um excelente oficial e está disposto a fazer um excelente trabalho”, detalhou.

A troca de comando é sempre importante na PM, é algo natural. O novo comandante, com certeza, tem uma nova política de comando e, com isso, consegue extrair, manter o que há de importante, além de fazer com que o policiamento se intensifique, que se transforme num policiamento ainda melhor do que já é. O tenente coronel Marcos Rodrigues é um excelente oficial e está disposto a fazer um excelente trabalho. A gente percebeu também que o coronel Barroso fez um ótimo trabalho aqui, não só na operação verão, mas também com a comunidade local fora da operação verão. Foi um trabalho bastante acentuado em que a gente pôde colher bons resultados.

Há um ano e nove meses no comando do 9.º Batalhão, o tenente-coronel Barroso destacou que em sua gestão houve mais aproximação com a comunidade e com os órgãos de segurança pública do litoral, e agora que assume o comando do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), buscará a valorização do militar estadual e a atualização profissional de todos os integrantes. “Nossa prioridade sempre foi o trabalho integrado, a segurança pública há muito tempo deixou de ser uma missão exclusivamente de polícia. Nós temos que trabalhar integrados com a comunidade, com os demais organismos de segurança pública e da sociedade organizada”, afirmou.

Já o tenente-coronel Marcos, recém-promovido ao posto em dezembro de 2018, terá seu primeiro comando de unidade operacional, e terá pela frente o desafio de continuar os trabalhos da Operação Verão Paraná 2018/2019, bem como trabalhar para a redução dos índices de criminalidade. Com passagens por diversos setores da corporação, o oficial buscará parcerias e o contato da comunidade para reforçar as ações de segurança pública.

“É uma grande satisfação assumir o comando do 9.º Batalhão de Polícia Militar, sabemos das dificuldades que os municípios têm em relação à segurança e pretendemos abrir espaço para que a sociedade participa e discuta conosco esse tema que é inerente à todos. A Polícia Militar não faz segurança sozinha, precisa do apoio da população, das associações, da imprensa e outras entidades a fim de buscar estratégias e ações que reflitam em mais tranquilidade ao cidadão”, ressaltou. 
Dentre as conquistas que a população do litoral obteve durante a passagem do tenente-coronel Barroso foi a instalação da 3.ª Companhia de Polícia Militar em Guaratuba, um ensejo do poder municipal e dos moradores locais. “Está fazendo uma diferença muito grande a chegada de uma unidade da PM em Guaratuba”, disse o prefeito de Guaratuba e presidente da Associação dos Municípios do litoral, Roberto Justus.

Para o coordenador da Polícia Civil na Operação Verão 2018/2019, delegado Miguel Stadler, a mudança de comando da PM permitirá cada vez mais uma integração forte entre as instituições. “A integração é muito grande entre as unidades policiais locais, como também com a operação verão. Os números, por si só, refletem esta parceria no combate à criminalidade”, destacou.

CURRÍCULO DO TENENTE-CORONEL MARCOS 

O tenente-coronel Marcos Rodrigues é natural de Jacarezinho (PR) e tem 51 anos. Ingressou à Polícia Militar em 1986 pelo Curso de Formação de Soldado no 13.º Batalhão de Polícia Militar. Em 1989 entrou para o Curso de Formação de Oficiais, tornando-se aspirante em 1991. Foi instrutor de cursos de formação de policiais militares, é especializado em Policiamento Montado, fez o curso de Piloto Privado e Comercial de Helicóptero em 2002. Também tem cursos na área de polícia comunitária e de Estatística Criminal. Já trabalhou no Regimento de Polícia Montada (RPMon) e foi juiz da Vara da Auditoria Militar Estadual.
 


Colunistas