conecte-se conosco

Royal Rouge

Ator brasileiro faz carta manifesto contra a homofobia

O ator Leonardo Vieira veio a público esta semana, aos 48 anos, comentar um beijo seu com outro homem que tomou a Internet. Com frases como “eu não…

Publicado

em

O ator Leonardo Vieira veio a público esta semana, aos 48 anos, comentar um beijo seu com outro homem que tomou a Internet. Com frases como “eu não vou pedir desculpas por ser gay” e “não escolhi ser gay”, ele conta como lidou com sua sexualidade e reage à homofobia que vem enfrentado na Internet, mas que de alguma forma o acompanhou a vida inteira. Esta semana, o ator registrou queixa contra ofensas que recebeu on-line depois que o assunto da sua sexualidade ganhou destaque no final do ano passado. Em um dos trechos da carta ele diz: “Nunca escondi minha sexualidade, quem me conhece sabe disso. Não estou “saindo do armário”, porque nunca estive dentro de um. Também nunca fui um enrustido. Meus pais souberam da minha orientação sexual desde quando eu ainda era muito jovem. No início não foi fácil pra eles, pois somos de famílias católicas e com características bem conservadoras, mas com o tempo eles passaram a me respeitar e aceitar a minha orientação. Eles puderam perceber, através da minha conduta, que isso era apenas um detalhe da minha personalidade. Eles entenderam que o filho deles podia ser uma boa pessoa, honesto, bom caráter, bom filho, bom amigo, mesmo sendo 'gay'. Hoje, a única preocupação da minha mãe é que eu não seja feliz. Eu posso afirmar para ela que sou feliz. Tenho um trabalho que me realiza, amigos que me amam e uma família que me conhece de verdade e que me aceita como eu sou, sem hipocrisias. Meu caso não é nem o primeiro e nem será o último”.

 


A responsabilidade de artigos assinados e as opiniões neles expressas não refletem necessariamente as opiniões deste portal. 
A responsabilidade do autor se estende à correção ortográfica e demais regras gramaticais da língua portuguesa.

Continuar lendo
Publicidade