Logotipo

Santuário do Rocio tem programação de festa a partir de domingo

02 de novembro de 2019

Está tudo pronto para começar a festividade em louvor a Nossa Senhora do Rocio, padroeira do Paraná

Compartilhe

A Festa Estadual de Nossa Senhora do Rocio começa no domingo, 3, e a expectativa é alta para receber milhares de fiéis. O momento considerado mais especial é a procissão do dia 15, que gera muita expectativa nos devotos que vêm de longe para celebrar o dia da padroeira do Paraná.

O reitor do Santuário de Nossa Senhora do Rocio, padre Dirson Gonçalves, disse que os preparativos ocorreram dentro do previsto.

“Está tudo pronto para a festa e estamos muito contentes porque tudo está caminhando bem. Adotamos para este ano o tema ‘Rocio, lugar sagrado dos paranaenses’, até para recuperar essa questão de que ela é padroeira de todo o Estado, que é o único que possui uma padroeira reconhecida pelo Vaticano”, afirmou o padre Dirson.

Padres de várias regiões do País estarão presentes para acompanhar a festa. “Teremos padres do Rio Grande do Sul, Goiás, Rio de Janeiro e Minas Gerais, que vêm nos ajudar durante toda a novena. Quis trazer essas pessoas de fora para nos ajudar nesse tempo de preparação e também para conhecer essa festa que é tão especial”, disse o reitor do Santuário.

As novenas começam na quarta-feira, 6, com término no dia 15. “As novenas continuam nos mesmos horários, às 6h, mais rápida para o pessoal que vai trabalhar; às 9h a missa será com as escolas e, às 19h, também missa e novena”, informou o padre.

Procissão de retorno da imagem sofreu uma alteração este ano e será realizada no sábado, 16, às 18h

PROCISSÕES

A primeira procissão da festa acontece no domingo, 3, com a 6.ª Cavalgada da Fé de Nossa Senhora do Rocio, com saída da Fazenda Mandaguari, na Estrada das Colônias. “Farei a bênção dos cavaleiros e dos cavalos, depois a imagem sai da fazenda e segue em direção ao Santuário. Devemos chegar por volta do meio-dia. Outro momento bem forte do domingo é a missa de abertura, às 19h, com a troca do manto da imagem principal”, comentou o padre.

Já a 13.ª Procissão Motorizada acontece no sábado, 9, a partir das 16h, com saída da Paróquia São João Batista em direção ao Santuário do Rocio. A 16.ª Procissão Marítima de Nossa Senhora do Rocio será realizada no dia 10 de novembro, domingo, com concentração para embarque a partir das 7h30 no píer em frente ao Aquário Marinho de Paranaguá. A 8.ª Procissão Ciclística também acontece no dia 10, com saída da Rádio 104 FM, às 16h.

No dia 15, dia da padroeira, a tradicional Procissão Solene de Nossa Senhora do Rocio chegará a sua 206.ª edição, com saída do Santuário em direção à Catedral Diocesana, a partir das 16h.

“No dia 15, haverá missas em vários horários. A missa solene será às 10h, no palco da praça, presidida pelo bispo dom Edmar Peron e outros bispos e autoridades; às 16, a grande procissão que leva a imagem até a catedral e, à noite, o show com o Michel Teló. Será a minha primeira procissão, um momento novo para mim, mas pelas fotos que vi dos anos anteriores, este é o momento alto da festa e estou muito ansioso porque será algo muito bonito”, relatou o padre.

A procissão de retorno da imagem sofreu uma alteração este ano e será realizada no dia 16, sábado, às 18h, partindo da Catedral em direção ao Santuário. “As procissões são momentos altos da festa, porque são maneiras de expressar a devoção. Fizemos somente uma alteração na procissão de volta da imagem, no dia 16, porque era sempre à tarde, e colocamos à noite, após a missa, às 19h, faremos uma procissão luminosa com velas. Estamos, inclusive, recolhendo garrafas pet e uma equipe está fazendo uma proteção para não apagar as velas”, contou padre Dirson.

Palco já está montado nas proximidades do Santuário do Rocio

Para finalizar, o reitor do Santuário fez um convite para que todos prestigiem a festividade em louvor a Nossa Senhora do Rocio. “Convidamos todos para esse tempo de festa, a partir de domingo estamos aqui para acolher a todos e fazer uma grande homenagem à padroeira do Paraná. Nós que moramos em Paranaguá temos essa grande alegria de acolher centenas e milhares de pessoas que vêm de vários lugares”, concluiu padre Dirson.


Colunistas