Logotipo

Feriado municipal de Nossa Senhora do Rosário terá celebração religiosa na Catedral

05 de outubro de 2019

Programação especial acontece no fim de semana, com quermesse no sábado e churrasco às 12h do domingo, bem como missa solene e procissão às 18h30 da segunda-feira (Foto: Catedral de Nossa Senhora do Rosário)

Compartilhe

Na segunda-feira, 7, acontece na Catedral Diocesana, às 18h30, uma missa solene em homenagem ao feriado municipal de Nossa Senhora do Santíssimo Rosário com procissão após a celebração. A santa é Padroeira de Paranaguá e dá nome à igreja mais antiga do Paraná. A comemoração de segunda-feira encerra a 444.ª Festa de Nossa Senhora do Rosário de Paranaguá, que foi iniciada no dia 28 de setembro, e terá quermesse no sábado, 5, bem como churrasco às 12h de domingo, 6, assim como novenário todos os dias até o feriado às 19h30.

Segundo o padre Emerson Zella, pároco da Catedral, a Catedral de Nossa Senhora do Santíssimo Rosário de Paranaguá é a primeira Igreja do Brasil com nome dedicado à santa, e também a primeira do Paraná, difundindo posteriormente o Catolicismo para todo o Estado.

"Como acontece todos os anos, a festa sempre se realiza no dia 7 de outubro, feriado municipal e dia dedicado à padroeira da cidade. Durante nove dias, iniciamos uma celebração religiosa para se preparar para o dia 7, algo feito desde o dia 28 de setembro até o dia 6 de outubro, sendo que em todas as noites, às 19h30, nos encontramos com o povo de Deus para celebração da Eucaristia, a Santa Missa, juntamente com momentos de Oração pedindo a proteção de Deus através de sua mãe, a Virgem Maria, aqui em Paranaguá reconhecida com o título de Nossa Senhora do Santíssimo Rosário", afirma padre Emerson.

PADROEIRA DE PARANAGUÁ E DA DIOCESE

Segundo o pároco, desde que os portugueses chegaram ao Paraná por Paranaguá, chegando ao continente, a primeira medida foi a construção de uma Capela de Oração em homenagem a Nossa Senhora do Santíssimo Rosário, construída onde atualmente é a Catedral, uma forma de união e de amor à Virgem Maria na comunidade na época e que perdura até hoje. “Com o tempo, este local passou a se chamar Vila de Nossa Senhora do Santíssimo Rosário de Paranaguá, ou seja, a religião e a sociedade conviveram muito bem juntas. As pessoas oravam para se tornar melhores, como fazem hoje. A padroeira da cidade tem a ver de fato com o início do nosso município", explica o padre, abordando a construção em 1578 do antigo templo localizado onde hoje está a Catedral Diocesana de Paranaguá.

"Daqui se espalhou o catolicismo para todo o Paraná, então é uma honra saber que o catolicismo do Paraná começou em Paranaguá e na Catedral Diocesana do Santíssimo Rosário", afirma o pároco. Além disso, de acordo com ele, a Diocese de Paranaguá, que foi criada em 1962, e é formada pelas cidades do leste do Paraná, incluindo litoral e Vale do Ribeira, possui como padroeira Nossa Senhora do Santíssimo Rosário. "O nosso bispo, dom Edmar Peron, tem sua cátedra, cadeira de onde ele governa a Igreja da Diocese de Paranaguá, aqui na Catedral e na nossa cidade", explica padre Emerson

CONVITE

Padre Emerson convida a comunidade a participar da celebração religiosa que terá programação todos os dias até segunda-feira, 7. “Durante todos os nove dias estaremos escutando a palavra de Deus para nos prepararmos para a festa de Virgem Maria. Ela também ouviu a voz do Senhor e a resposta dela foi linda, dizendo para o anjo que seria a serva de Deus", explica o pároco, destacando o poder da Oração.

"Durante todos esses dias nós vamos aprender com a Virgem Maria o sentido de ouvir e responder a Deus através do nosso amor ao Senhor a ao próximo. Que cada pessoa que se sente chamada a se encontrar com Deus venha viver este momento conosco na Catedral até o dia 7 de outubro. Será um momento especial de fé, de devoção e de sentido para a vida, algo muito bom neste momento da história. Deus dá sentido para a nossa vida", finaliza.


Colunistas