Logotipo

Diretor-presidente diz que Cattalini é referência em segurança no Porto de Paranaguá

16 de março de 2019

Para garantir a segurança dos seus colaboradores, das operações e da comunidade próxima às suas instalações, em Paranaguá, a Cattalini Terminais Marítimos investe continuamente em equipamentos de alta tecnologia, na modernização de procedimentos e em treinamentos frequentes.

Seus quatro parques de tancagem têm capacidade de mais de 500 mil metros cúbicos de produtos. A empresa e toda sua estrutura respondem às normas e fiscalização da Agência Nacional de Petróleo (ANP), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), do Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Receita Federal e atendem às exigências dos demais órgãos que regulam a segurança patrimonial, dentre outros.

O diretor-presidente da empresa, José Paulo Fernandes, destaca que a cultura de segurança da Cattalini é a base para todas as atividades da empresa, desde a definição de procedimentos operacionais até a decisão de investimentos, sempre tomando o cumprimento irrestrito das leis aplicáveis como o padrão mínimo aceitável. 

“A Cattalini não mede esforços quando o assunto é segurança. A priorização de investimentos em segurança e automação, a manutenção preventiva e atualização dos equipamentos, o treinamento e a capacitação dos colaboradores, a atenção dada às condições de trabalho, além dos sistemas de monitoramento e controle das operações fazem do terminal uma referência em termos de segurança no Porto de Paranaguá e no Brasil”, declarou.

 

MAIS SEGURANÇA

 

A segurança do colaborador também é uma prioridade para a Cattalini. A empresa conta com equipes treinadas e preparadas para melhoria contínua, garantia da segurança e prevenção de acidentes no terminal, fazendo com que todos se sintam responsáveis pela segurança. Resultado disto é o recorde de mais de 1.300 dias sem acidentes de trabalho.

Para atender a eventuais emergências em diferentes situações, a Cattalini conta com o uso de equipamentos de prevenção e combate a incêndios, contenção e recolhimento de derramamentos de produtos, equipamentos para atendimento pré-hospitalar, dentre outros.

A empresa possui tanques que armazenam água para combate a incêndio que somam aproximadamente 14 milhões de litros de água doce e atendem a todos os centros de tancagem. Tudo isto está interligado a um sistema de prevenção e combate a incêndios que capta a água do mar através de duas potentes bombas de propulsão a diesel, tornando-o independente de alimentação por energia elétrica.

“Contamos com equipamentos e equipes treinadas e preparadas para agir em diferentes situações emergenciais. São colocadas em prática várias estratégias para prevenção e combate a incêndios, para contenção e recolhimento de derramamentos e para atendimento a acidentes pessoais”, comentou o gerente de Saúde, Segurança, Proteção Ambiental e Qualidade, Fernando Pereira dos Santos.

No Pátio de Triagem da Cattalini, com capacidade para 350 caminhões, os motoristas contam com ampla infraestrutura de apoio. Durante as inspeções veiculares de segurança são realizadas ações de conscientização dos motoristas quanto às operações da Cattalini e os requisitos de segurança para acesso aos centros de tancagem.  Também são entregues cartilhas sobre controles relacionados à prevenção da poluição e proteção ao meio ambiente.

A Cattalini possui certificação nas normas ISO 14001 e 9001, que estabelecem referências internacionais para os sistemas de gestão ambiental e da qualidade. Também é certificada na OHSAS 18001, padrão internacional para sistemas de gestão de segurança e saúde ocupacional.

 

RESPONSABILIDADE

Dentro do seu Programa de Responsabilidade Socioambiental são realizadas diversas atividades que têm como objetivo fortalecer o relacionamento com a comunidade, principalmente a que reside no seu entorno, bem como incentivar projetos que incentivem o esporte, a cultura, a saúde, a educação e a preservação ambiental, totalizando 18 programas permanentes.

Destacam-se: o Grupo de Voluntariado, formado por colaboradores de diferentes setores da empresa; “Encontro com a Comunidade” que é um canal aberto de comunicação com moradores e lideranças dos bairros vizinhos à empresa; “Prêmio Cattalini” que oferece bolsas de estudos integrais a alunos da rede pública de ensino para cursos técnicos do SENAI; e o “Capoeira nas Escolas” que incentiva à prática esportiva, com o objetivo de complementar a educação física, o condicionamento e a disciplina para os alunos, durante o contraturno escolar.

Durante o “Encontro com a Comunidade”, que ocorre com frequência, moradores em Paranaguá, residentes ou não em bairros próximos à empresa, têm a possibilidade de conhecer os controles ligados à segurança bem como contatar diretamente os gestores da empresa e tirar suas dúvidas sobre qualquer assunto de interesse. A próxima reunião está prevista para março.

O diretor do Colégio Bento Munhoz da Rocha Neto, Everton Vieira Borges, sempre participa das reuniões e incentiva a participação da comunidade.

“É uma forma das pessoas estarem bem informadas sobre as medidas de segurança da empresa para a região no entorno da Avenida Bento Rocha, assim como, podemos assistir às palestras ministradas em diversas áreas de conhecimento. Somos parte de uma comunidade inserida em meio à expansão portuária e esta relação empresa/comunidade é fundamental para o nosso cotidiano. Notamos a ausência de outras empresas desenvolverem as mesmas ações”, declarou.

E o ano de 2019 começou com novidades. Recentemente foi assinado convênio com a Sociedade Protetora da Vida Selvagem (SPVS) com o objetivo de contribuir e incentivar a preservação da biodiversidade na Baía de Paranaguá e a extensão da Filarmônica de Antonina no bairro Rocio inicia suas atividades em março de 2019.

Compartilhe