Logotipo

Vice-prefeito de Curitiba visita o litoral e destaca modelo de gestão que tem dado certo na capital

22 de janeiro de 2019

Eduardo Pimentel também falou sobre a presença do jovem na política e suas expectativas sobre o novo Governo do Paraná

Compartilhe

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, esteve no litoral e concedeu entrevista exclusiva para a Folha do Litoral News. Ao lado do prefeito Rafael Greca, Eduardo tem se voltado para a execução de políticas públicas que atendam às necessidades da população por meio de uma relação de proximidade. Alguns modelos de gestão têm dado resultados positivos na capital e podem, inclusive, ser replicados em outros municípios para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida dos paranaenses.

Na entrevista, o vice-prefeito analisou a participação dos jovens na política, revelou suas expectativas com o trabalho do novo governador do Paraná, Ratinho Júnior, e ainda deixou uma mensagem para os moradores no litoral, os quais poderão conhecer mais sobre a opinião do jovem político por meio de uma coluna de sua autoria que será veiculada na Folha do Litoral News em breve. Confira:

 

Folha do Litoral News: Fale um pouco sobre a sua trajetória na política.

Eduardo Pimentel: Hoje eu tenho a alegria e a honra de estar como vice-prefeito de Curitiba. Comecei minha carreira profissional trabalhando com o Paulo Pimentel em veículos de comunicação como televisão, na época afiliada ao SBT, aos jornais Tribuna do Paraná e Estado do Paraná. Após isso, passei pela prefeitura, fui candidato a deputado estadual em 2010 e não me elegi, fui diretor da Ceasa do Paraná, maior distribuidor de alimentos de hortifrutigranjeiros do Paraná, a 5.ª maior do Brasil, mais de um bilhão de movimentação financeira no ano. Depois disso fui ser subchefe da Casa Civil do Paraná e, há dois anos, tive a honra de ser eleito junto com o prefeito Rafael Greca, vice-prefeito da cidade de Curitiba, onde podemos fazer um grande trabalho e uma grande revolução na capital.

 

Folha do Litoral News: Como analisa a participação dos jovens na política. Você acredita que surge uma nova maneira de fazer política?

Eduardo Pimentel: É fundamental o jovem estar presente, eu tenho 34 anos e estou tendo a oportunidade. Por dois anos fui secretário de obras do município, acumulando com o cargo de vice-prefeito, e pudemos fazer a maior renovação de asfalto que a cidade já fez, a maior reciclagem de asfalto que a cidade já teve. O jovem na política tem que se conectar, precisamos estar em diálogo com a população, que inclusive na última eleição deu um recado muito forte, a política, além de ter que ser transparente, prestando contas à população, precisa ter muita qualidade. Por isso, não adianta ser só jovem, tem que se preparar. Eu sou formado e pós-graduado e é assim que nós queremos trabalhar. Hoje, temos muitos jovens atuando na política paranaense, começando pelo líder estadual, que é o governador Ratinho Júnior, que com 37 anos se preparou, foi deputado federal, deputado estadual, secretário de Desenvolvimento Urbano. Nós confiamos que fará um grande governo. Tenho orgulho de ser jovem, me sinto preparado para o cargo que estou ocupando e conclamo os jovens a estarem sempre presentes na política. Seja jovem empresário, médico, autônomo, engenheiro, é importante ter uma participação ampla porque a política está sempre no nosso meio. É bom que nós, que queremos fazer o bem, participemos porque não há espaço vago na política.

 

Folha do Litoral News: Com relação aos projetos e iniciativas desenvolvidos em Curitiba, na sua visão, alguns modelos de sucesso podem ser replicados no litoral?

Eduardo Pimentel: Deixo meu abraço ao prefeito, reconheço muito o trabalho que tem feito em Paranaguá. Temos trabalhado em Curitiba conectados com a comunidade. A maior parte das nossas propostas que colocamos em prática em Curitiba é levantada em audiências públicas, realizadas no ano anterior. Inclusive, a cidade foi uma das premiadas nacional de um importante prêmio de transparência em cima das audiências públicas. Nós fazemos em todas as 10 regionais da cidade, em todos os 75 bairros, levantando as prioridades de cada região. Depois, colocamos em votação nessas reuniões e as mais votadas entram automaticamente no orçamento municipal. Portanto, desde saúde, educação, questões de meio ambiente, com nossos parques e praças, que são as praias do curitibano, até recapeamento de ruas, reformas de escolas. É uma forma bacana, criativa de governar que a gente gosta de utilizar em Curitiba.

 

Folha do Litoral News: Para poder entender as necessidades de cada região?

Eduardo Pimentel: Isso, para saber o que a população está pensando. Quando a gente vai às audiências, conseguimos entender o que a população quer, os vereadores nos acompanham sempre, temos 38 vereadores em Curitiba e temos uma base de 25, que são parceiros e nos ajudaram a votar no plano de recuperação da cidade com a reforma da previdência municipal, com um trabalho muito importante de reforma das secretarias, que nos fez ter fôlego para voltar a investir na cidade. E com os vereadores da oposição existe um trabalho de muito respeito.

 

Folha do Litoral News: Quais suas expectativas sobre a gestão do governador Ratinho Júnior?

Eduardo Pimentel: São as melhores possíveis, ele é um jovem muito bem preparado e tenho a certeza de que ele fará um grande trabalho no Governo do Estado. Nós, ainda na transição, com o prefeito Rafael Greca, estivemos com ele tratando Curitiba, como ela deve ser colocada não só como a nossa capital, como uma cidade polo metropolitana, não só nas questões importantes como transporte coletivo integrado, educação integrada, saúde metropolitana integrada, temos feito um grande trabalho com os alimentos das escolas municipais, que são produzidos no cinturão verde da cidade. O governador se dispôs, desde o início, a dar uma atenção primordial a Curitiba, por isso nós temos bastante confiança no trabalho dele, e já está mostrando com a diminuição de secretarias, está entregando aeronaves, está fazendo um trabalho ágil como ele se comprometeu a fazer e tenho a certeza de que fará.

 

Folha do Litoral News: Quais seus planos políticos para o futuro?

Eduardo Pimentel: Eu quero desempenhar muito bem o meu papel como vice-prefeito, no ano que vem tem eleição, quero estar presente, próximo do prefeito, que tem feito um grande trabalho. Como já falamos, eu sou jovem, tenho esperança em Curitiba, no nosso Estado, tenho a honra de ser neto do ex-governador Paulo Pimentel, que me ensinou muito sobre o Paraná e onde eu ando escuto muitas histórias sobre ele, conheço os sete municípios do litoral, conheço muitos dos outros municípios paranaenses, gosto da economia do Paraná, então tenho vontade de seguir em frente, é claro que tem muito barro para ser amassado ainda, depende muito do nosso trabalho. Mas, eu quero, principalmente, ficar perto das nossas lideranças que produzem no nosso Estado, tenho orgulho de ter vindo da iniciativa privada, que é quem leva o Estado nas costas e o Poder Público tem que auxiliar, dando oportunidades e fazendo um trabalho importante, obviamente na questão da saúde, educação e segurança e na questão social para quem mais precisa.

 

Folha do Litoral News: Qual seu posicionamento com relação às mídias regionais impressas e digitais cada vez mais fortes e essa descentralização da informação?

Eduardo Pimentel: Sou um pouco suspeito para falar de comunicação porque eu nasci dentro de um veículo de comunicação. Tenho o costume de pegar o jornal impresso para ler, trabalhei muitos anos no O Estado do Paraná e na Tribuna do Paraná. A comunicação para divulgação do nosso trabalho, não só do trabalho dos políticos, mas também da sociedade é fundamental hoje em dia com as redes sociais. Eu uso Facebook, Instagram, Twitter e convido a quem puder me seguir para ter a prestação de contas do meu trabalho. Em Curitiba, por exemplo, alguns jornais foram para o meio eletrônico e temos muito forte um trabalho de jornais de bairro, cada vez mais regionalizado. Eu vejo a Folha do Litoral News fazendo um trabalho muito bom, não só em Paranaguá, mas nos sete municípios. É claro que a divulgação de um veículo de massa sempre estará presente, mas a divulgação regionalizada será cada vez mais importante, até porque o morador quer saber o que está acontecendo ao lado da sua casa e, às vezes, a mídia de massa não traz essa informação, quem traz é o portal da sua cidade, a Folha do Litoral News é quem traz a informação de que ele mais precisa.

 

Folha do Litoral News: Em breve, a Folha do Litoral News publicará colunas de sua assinatura, que assuntos pretende abordar neste canal de diálogo com a população?

Eduardo Pimentel: Tenho uma grande honra, é uma alegria estar em contato com a população do litoral. Acho que a gente tem que estar sempre trazendo assuntos do momento, seja uma política pública que tem que ser tratada com embasamento, qualidade e transparência, seja assuntos que estão em discussão nacionalmente com um pouco da nossa opinião, seja assuntos que tratem do litoral, do nosso Estado. É um bom canal de comunicação, agradeço muito a confiança do jornal e para mim é uma alegria.

 

Folha do Litoral News: Para finalizar, qual a sua mensagem para a população do litoral do Paraná?

Eduardo Pimentel: Obrigado mais uma vez à Folha do Litoral News, ao grupo que me recebeu. O litoral é a porta de entrada do nosso Estado, porque quase 100% das nossas exportações saem pelo Porto de Paranaguá. O novo diretor-presidente tem um currículo excepcional, acho que o governador Ratinho Júnior fez uma grande jogada, temos confiança no trabalho dele. As nossas praias, passei o Réveillon aqui, voltarei no Carnaval, estão com a balneabilidade excelente, a praia está limpa, a segurança está na rua, por mais que tenha um grande movimento de pessoas, eu parabenizo os prefeitos da região porque estou vendo uma melhora muito significativa. Deixo meu abraço para essa importante região do nosso Estado, importante produção de riqueza e sempre que possível quero estar à disposição, sendo amigo. Hoje estou, com muita honra, como vice-prefeito de Curitiba, da nossa capital, mas eu estou presente não só por sermos vizinhos, mas também pela importância que o litoral representa ao nosso Estado.

 

 


Colunistas