Logotipo

PP busca candidatos fortes em todos os municípios do Paraná

14 de novembro de 2019

Já em relação ao Governo Estadual, o Progressistas aceitou o convite para integrar a base de apoio

Compartilhe

A eleição de 2020 promete ser bem diferente. Será a primeira vez em que será proibida a coligação para a eleição proporcional – no caso, para vereador. A aliança entre os partidos só será permitida na disputa para os cargos de prefeito e vice-prefeito. Ou seja, para serem competitivas, as legendas precisam de candidatos fortes e de uma chapa robusta de vereadores. “Por conta disso, nós estamos com a meta de termos candidatos em 100% dos municípios paranaenses”, destaca a presidente estadual do Progressistas, a deputada Maria Victoria.

“Nós já temos 125 municípios atualizados no sistema do TRE com provisórias completas para os diretórios. Historicamente, o partido cedia o comando nos municípios aos deputados federais mais votados”, explica. “Nós democratizamos a gestão: agora, os deputados estaduais, candidatos não eleitos, suplentes e outras lideranças também têm a possibilidade de comandar e escolher quem presidirá as provisórias em cada município, de acordo com a votação na última eleição”.

Segundo ela, essa medida visa à descoberta de mais lideranças em cada cidade, que assim terão mais tempo e condições de fortalecer o partido na disputa. “Baixamos uma normativa em ata no nosso diretório estadual, de que pretendemos ter candidatos em todos os municípios do Paraná, e isso vai ajudar na busca dessas lideranças”, reitera a deputada.

Maria Victoria diz que o partido trabalha para ter chapa completa de vereadores no maior número possível dos municípios. “E uma das nossas prioridades é a participação da mulher, se possível além da cota mínima de 30% das candidaturas. Inclusive temos como meta ter 30% de mulheres nas nossas provisórias. Até porque o Progressistas do Paraná é uma referência em participação da mulher na política: temos a ex-governadora Cida Borghetti, a primeira mulher a governar o Paraná; nossa vereadora em Curitiba é uma mulher, a Maria Manfron; e eu, que estou deputada estadual e presido o Progressistas no Paraná”, enumera. 

“Para estimular ainda mais a participação da mulher, estamos fazendo vários eventos, como o do último dia 11 no Palácio Garibaldi, idealizado pela presidente nacional das Mulheres Progressistas, Iracema Portela, e realizado pela ex-governadora Cida Borghetti. Será o maior evento de filiação partidária de mulheres no Brasil”.

CONVITE

Já em relação ao Governo Estadual, o Progressistas aceitou o convite para integrar a base de apoio ao governador Ratinho Júnior na Assembleia Legislativa. “A eleição passou, agora é bola para frente. Até porque temos que continuar ajudando os municípios. Tanto que o Governo liberou R$ 7 milhões em emendas para os deputados da base, que nos permitiram contemplar diretamente a 49 municípios”, explica Maria Victoria.

“Esses recursos serão distribuídos na forma de veículos, ambulâncias, implementos agrícolas, maquinários, reformas e ampliações de hospitais e escolas, equipamentos hospitalares, academias ao ar livre, materiais esportivos, obras de recape e pavimentação e outras benfeitorias para a população”, conclui a deputada.

 

Da Redação da ADI Curitiba Paraná.


Colunistas