Connect with us

Política

Governador reúne bancada federal para tratar de temas ligados ao Paraná

Objetivo foi criar uma agenda comum do Estado em Brasília (Foto: Arnaldo Alves/AEN)

Publicado

em

Ratinho Júnior recebeu deputados no Palácio Iguaçu

Reforma tributária, privatização da refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) e fechamento da fábrica de fertilizantes Araucária Nitrogenados (Ansa), subsidiária da Petrobras, ambas em Araucária, e a nova visita do presidente Jair Bolsonaro ao Paraná, prevista para ocorrer no dia 7 de fevereiro. Carlos Massa Ratinho Júnior recebeu na segunda-feira, 27, no Palácio Iguaçu, parte da bancada de deputados federais do Estado para discutir esses temas nacionais que atingem diretamente o Estado.

Ratinho Júnior destacou que o objetivo da reunião, a primeira em 2020 com os parlamentares, foi criar uma agenda comum do Estado em Brasília, unificando forças em torno de pautas federais que são importantes para o Estado. “Esse tipo de encontro com a bancada não era muito comum no Paraná. Fizemos várias no ano passado e seguiremos nos encontrando periodicamente. É preciso que a nossa bancada esteja atenta em Brasília, buscando ajudar o Paraná”, afirmou.

O governador reforçou que o Governo do Estado está mobilizado em busca de alternativas para o encerramento das atividades da fábrica de fertilizantes Ansa, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. A empresa contava com 396 funcionários, todos desligados. Na quinta-feira, 30, Ratinho Júnior vai ao Rio de Janeiro para uma agenda com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

Na pauta, também está a privatização do primeiro lote de refinarias da Petrobras, previsto para ocorrer ainda neste ano e que deve incluir a Repar. “Entendemos que privatizar é algo do mercado, mas vamos buscar o maior número de informação possível para que a população não seja prejudicada”, disse Ratinho Júnior. “O Governo do Estado está em busca de uma alternativa”, acrescentou.

De acordo com a Petrobras, os resultados da Ansa demonstram a falta de sustentabilidade do negócio: somente de janeiro a setembro do ano passado, o prejuízo foi de quase R$ 250 milhões. As previsões apontavam para um resultado negativo superior a R$ 400 milhões em 2019. “É um assunto muito delicado, que gera muitas dúvidas. O governador vai ao Rio em busca de uma solução adequada à realidade do Estado”, afirmou o deputado federal Rubens Bueno.

Nova visita

Ratinho Júnior informou também que o presidente Jair Bolsonaro confirmou uma nova visita ao Paraná, prevista para ocorrer no dia 7 de fevereiro (sexta-feira). Na ocasião, serão anunciados a liberação de recursos para Apaes e outras entidades do Estado. Parte do investimento foi possibilitado por emendas parlamentares da bancada federal.

“Vamos aproveitar para organizar uma grande reunião entre deputados, governador e o presidente. Debater tudo aquilo que é mais importante para o Paraná”, destacou a deputada federal Aline Sleutjes. O local e o horário da agenda ainda não estão definidos.

Reforma tributária

O governador ressaltou que o Estado está atento à movimentação da União em torno da reforma tributária. O novo sistema de tributação prevê a unificação de impostos federais, estaduais e municipais (especialmente ICMS e ISS) para a criação de um tributo único, chamado de IBS (Imposto de Bens e Serviços). A expectativa é que a reforma seja votada no primeiro semestre de 2020.

“Há uma série de questões que envolvem o Paraná diretamente. Pontos que podem nos beneficiar e outros que podem nos prejudicar, por isso a colaboração dos nossos deputados é fundamental”, disse Ratinho Júnior.

Concessões

Durante o encontro, ficou estabelecido, também, que o Governo do Estado e os parlamentares vão se reunir com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em Brasília, para detalhar o cronograma da nova concessão de rodovias no Estado, previsto para entrar em vigor em novembro de 2021. O Paraná passará de 2,5 mil para 4,1 mil quilômetros de estradas pedagiadas, em processo que envolve também a União.

A bancada tentará acrescentar uma nova rodovia ao pacote, os 205 quilômetros da ligação entre Campo Mourão e Guarapuava. A via contempla trechos da BR-487, entre Campo Mourão e Iretama; da PR-460, entre Iretama e Pitanga; e da PR-466, entre Pitanga e Guarapuava.

“Por isso esses encontros com o governador são fundamentais. Mais uma vez Ratinho Júnior nos recebeu, apostando na união para o desenvolvimento do Paraná”, ressaltou o deputado federal Toninho Wandscheer.

 

Fonte: AEN

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.