Connect with us

Polícia

Três homens são executados no litoral em menos de 24 horas

Número de homicídios na região litorânea subiu para 117.

Publicado

em

PRIMEIRO CASO

Por volta das 4h da madrugada de quinta-feira, 18, policiais militares de Matinhos foram acionados por populares a comparecer na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, região central do município para dar atendimento a uma situação de agressão. No local, nas proximidades de um posto de combustível, dois indivíduos estavam agredindo violentamente um rapaz.

O trio chegou em VW Polo cor preta e as agressões começaram do lado de fora do veículo, de onde a vítima foi retirada com o uso de força. Além de agredir o rapaz, os dois homens passaram com o veículo, por cima da vítima, pelo menos 3 vezes.

Agonizando, o rapaz ainda foi atingido por várias pedradas e acabou morrendo no local. Os agressores fugiram.

Equipes da Polícia Militar cercaram a região e encontraram o carro usado na ação criminosa trafegando pela Rua Antonina, no bairro do Tabuleiro. O automóvel estava sendo conduzido pelo pai de um dos agressores, identificado como “Dédi”. O suspeito não foi localizado. O motorista contou aos policiais que o filho abandonou o veículo próximo da sua residência e fugiu com outros dois homens. O carro foi apreendido e ficou recolhido no pátio da Delegacia da Polícia Civil de Matinhos.

VÍTIMA

Equipes de emergência foram até o local onde estava a vítima e constataram o óbito. A região foi isolada, o corpo periciado pela Criminalística e, na sequência, recolhido ao Instituto Médico Legal de Paranaguá.

O rapaz, que seria guardador de carros em Matinhos, e conhecido por “Cleitinho”, não portava documentos e estava vestindo bermuda jeans, camiseta amarela e um colete amarelo e preto. O corpo segue sem identificação oficial no IML.

SEGUNDO CASO

Moradores entraram em contato com a central 190 da Polícia Militar de Matinhos, na manhã de quinta-feira, 18, relatando estarem ouvindo disparos de arma de fogo, na Rua Max Roesner, no Balneário Caravelas.

Ao chegar ao endereço indicado, as equipes encontraram um sobrado todo fechado. Pelas janelas, os policiais constataram que vários cômodos foram lavados, já que o chão estava molhado. Manchas de sangue foram encontradas em paredes da área externa da residência.

Durante buscas na parte dos fundos do imóvel, junto ao muro que divide a propriedade, os policiais encontraram dois estojos e um projétil de pistola.

Diante dos fatos, familiares do proprietário do sobrado, que moram ao lado, foram chamados e abriram o local. Em cima da pia da cozinha, mais dois estojos foram encontrados.

CORPO

Depois de verificar a parte interna da residência, as equipes começaram as buscas na parte dos fundos e encontraram, atrás de uma caixa da água, o corpo de Jean Dias de Oliveira Honorato, de 21 anos, morador no balneário Albatroz. O rapaz foi agredido e baleado.

O local foi isolado e, depois da perícia, realizada pela Criminalística, o corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares e foi liberado, na sequência, por familiares.

Este foi o 22.º homicídio registrado este ano em Matinhos.

O nome de um suspeito foi repassado por populares para os investigadores da Polícia Civil, que foram até o local.

TERCEIRO CASO

Populares entraram em contato com a Polícia Militar no final da tarde de quinta-feira, 18, e relataram terem encontrado um corpo na região conhecida como “Estrada do Embocuí”.

Imediatamente, equipes foram para o local indicado e, com o apoio de socorristas do SAMU, constataram o fato.

Um rapaz, identificado como Matheus Venâncio da Silva, 18 anos, morador em Piraquara, foi executado com vários tiros na cabeça. Ao lado do corpo foram encontrados 2 projéteis e 12 estojos de munição de pistola.

Nenhuma outra informação foi apurada, já que o local é de difícil acesso.

Depois da perícia, realizada pela equipe da Criminalística, o corpo foi recolhido ao IML e liberado por familiares.

Policiais Civis de Paranaguá estiveram no local e as investigações para apurar a autoria do crime já começaram.

60 CASOS

Com a morte de Matheus Venâncio da Silva, o número de homicídios em Paranaguá chegou a 60. No litoral, agora são 117 casos registrados em 2018.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.