Logotipo

Rouba Alma é preso pela Polícia Civil em Paranaguá

08 de outubro de 2019

Ele é acusado de roubos contra estabelecimentos comerciais, já foi preso duas vezes por porte ilegal de arma de fogo, entre outros crimes.

Compartilhe

 

João Vitor Barros da Silva, de 19 anos, conhecido como “Rouba Alma”, foi preso na tarde desta terça-feira, 8, na Rua Manoel Hermógenes Vidal, na Vila Cruzeiro, por investigadores da 1ª SDP – Delegacia da Polícia Civil de Paranaguá, acusado da morte de um homem, no dia 15 de setembro, na “Praça do Guincho” e suspeito de ser o autor do homicídio registrado nesta segunda-feira, 7, no Porto dos Padres.

Os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal de Paranaguá.

“PRAÇA DO GUINCHO”

De acordo com o Delegado Adjunto e Operacional da Polícia Civil, Nilson Diniz, “Rouba Alma” é o autor da morte de Werick Vinicius da Cruz Leite, de 25 anos, assassinado com um tiro no peito, na frente da esposa, na madrugada do dia 15 de setembro, na Rua XV de Novembro, no Centro Histórico.

O delegado ressaltou que João Vitor cometeu o crime a mando de uma organização criminosa que atua no estado do Paraná, “ ele foi o responsável pela morte do Werick, que seria membro de uma facção criminosa no estado de Santa Catarina, e em razão deste fato, “Rouba Alma” recebeu o comando da organização criminosa paranaense e praticou o homicídio”.

“João Vitor é um indivíduo que demonstra extrema frieza. Praticou esse homicídio no momento em que aquela região estava repleta de pessoas, oferecendo inclusive risco para todos os frequentadores do local, ele praticou o homicídio realizando vários disparos de arma de fogo, e esses disparos poderiam ter atingido outras pessoas, que se quer tinham conhecimento do que estava ocorrendo ali naquela região”, frisou o delegado da PCPR.

PORTO DOS PADRES

Além de ser o autor da morte de Werick Vinicius, “Rouba Alma” está sendo investigado pelo homicídio registrado nesta segunda-feira, 7, na Rua Washington Luiz, no Porto dos Padres.

Uma denúncia anônima repassada para a PCPR indica João Vitor como o autor dos disparos que mataram Alex Oliveira Siqueira, de 34 anos, conhecido como "Box", assassinado com dois tiros, na frente de uma residência.

“Logo após o crime, recebemos uma denúncia feita pelo serviço de denúncias anônimas 197, dirigida diretamente para o plantão da 1ª SDP, que ele seria o autor de um desses homicídios ocorridos neste final de semana. Como é uma denúncia anônima deve ser verificada a procedência dessa informação, mais isso demonstra sim, caso se concretize realmente a autoria desse homicídio, que João Vitor não tem condições de permanecer em liberdade”, ressaltou o delegado Nilson Diniz.

Além de ser o autor de um homicídio e suspeito da autoria de outro, “Rouba Alma” tem várias passagens pela polícia.

Ele é acusado de roubos contra estabelecimentos comerciais, já foi preso duas vezes por porte ilegal de arma de fogo, entre outros crimes.

PRISÃO

João Vitor Barros da Silva, de 19 anos, vulgo “Rouba Alma”, está recolhido na Cadeia Pública de Paranaguá, sob responsabilidade do DEPEN – Departamento Penitenciário do Estado, a disposição da Justiça.


Colunistas