Logotipo

Rapaz é assassinado na frente de casa no Labra

23 de agosto de 2019

Equipes do Samu e da Polícia Militar foram acionadas por populares, por volta das 22h40, para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo.

Compartilhe

Fabrício de Carvalho Silva, de 19 anos, foi morto com pelos menos três disparos de arma de fogo, na frente da casa onde morava com a família, na Rua Arsênio  Bento dos Santos, no bairro Labra, em Paranaguá.

Equipes do Samu e da Polícia Militar foram acionadas por populares, por volta das 22h40, para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo.

Ao chegar no local indicado, encontraram Fabrício sem vida, caído na frente de sua residência.

MOTIVAÇÃO

De acordo com familiares da vítima, um desentendimento com vizinhos, pode ter sido o motivo do crime. A mãe de Fabrício relatou aos policiais militares que atenderam a ocorrência, que um casal acusou o rapaz de ter abusado sexualmente de duas meninas, menores de idade.

Ainda de acordo com a mãe da vítima, Fabrício era trabalhador e não tinha nenhuma ligação com o tráfico de entorpecentes ou rixas. Ela confirmou que o filho não teve nenhum envolvimento com  o fato ocorrido com as menores.

ASSASSINOS

Informações apuradas pela Polícia Militar no local onde o homicídio aconteceu, apontam que dois indivíduos, em bicicletas, seriam os autores dos disparos. A dupla fugii logo em seguida.

Viaturas intensificaram o patrulhamento pela região, mas nenhum suspeito foi abordado.

IML

Depois do trabalho de perícia realizado no local pela Criminalística, o corpo de  Fabrício de Carvalho Silva, foi recolhido ao IML - Instituto Médico Legal de Paranaguá para exames complementares.

33.° HOMICÍDIO

A morte de Fabrício de Carvalho Silva, de 19 anos, foi o 33.° homicídio registrado em Paranaguá este ano. No litoral são 60 casos.

Uma equipe da Polícia Civil esteve no bairro Labra, onde o crime aconteceu e começou as investigações.

O casal, apontando pela família de Fabrício, como sendo o mandante do crime, não foi encontrado.


Colunistas