Logotipo

Quadrilha suspeita de atuar em série de homicídios é desarticulada em Guaratuba

05 de setembro de 2019

Dois membros do 'Bando do Pé Torto', que realizava execuções no bairro do Cubatão, foram presos pela 8.ª DRP de Guaratuba (Foto: Ilustração)

Compartilhe

Assassinatos aconteceram na região rural de Cubatão. Dois membros da quadrilha foram presos pela 8.ª DRP da PCPR de Guaratuba, um deles segue foragido

Durante esta semana, a 8.ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Guaratuba da Polícia Civil do Paraná (PCPR) formalizou a prisão de dois dos três integrantes do chamado “Bando do Pé Torto” que atuava em execuções no bairro Cubatão, em Guaratuba. A investigação feita pelos policiais civis de Guaratuba desde o início de 2019 e, de acordo com a PCPR, os homicídios possuem relação com atritos pela posse de terrenos em áreas rurais do município.

"Desde o começo do ano, o nome dos Ribeiro, supostos integrantes do bando, tem sido alvo de investigação pelas forças policiais de Guaratuba, em especial em razão de sua atuação na zona rural da cidade. Suspeita-se que o bando composto por membros desta família foi responsável por ao menos três homicídios no ano de 2019 e um no ano de 2016, além da suspeita de duas tentativas de homicídio neste ano e outra tentativa ocorrida em 2017. A motivação para a prática dos crimes é variada, vindo desde conflitos em razão da posse de propriedades rurais, acertos de contas e até mesmo a ocultação da prática de crimes", explica a assessoria da Delegacia da PCPR de Guaratuba.

"Foram presos os irmãos Natalino da Silva Ribeiro, de 30 anos, localizado em sua residência no bairro Mirim, e Mauri da Silva Ribeiro, de 33, preso após comparecer à audiência no fórum da comarca. A Polícia segue em busca de Silvio da Silva Ribeiro, de 45 anos, irmão dos dois presos e também suspeito da prática de uma série de delitos. Qualquer informação a respeito do paradeiro dos suspeitos ou de crimes de autoria dos investigados deve ser levada ao conhecimento da Polícia Civil", finaliza a PCPR.

Polícia segue em busca de Silvio da Silva Ribeiro, irmão dos dois presos e também suspeito da prática de uma série de delitos (Foto: PCPR)

*Com informações da 8.ª Delegacia da PCPR de Guaratuba.


Colunistas