Connect with us

Polícia

Polícia Civil deflagra 2.ª fase da Operação Adsumus

As prisões aconteceram nos bairros Emboguaçu e Porto Padres

Publicado

em

Equipes da 1.ª SDP – Delegacia da Polícia Civil de Paranaguá – deflagraram na manhã de terça-feira, 11, a 2.ª fase da Operação Adsumus. Foram cumpridos 5 mandados de prisão e 5 de busca e apreensão.  A ação policial aconteceu nos bairros Emboguaçu e Porto dos Padres. O grupo, preso ontem, também é investigado pela participação em dois homicídios ocorridos recentemente em que as vítimas foram decapitadas. Outros dois casos semelhantes e atribuídos aos indivíduos presos estão sendo investigados.  

 

PRESOS

Nesta fase da operação, foram presos Tawan Alves Olimpio, de 18 anos, Hagnos Wislan Alves Olimpio, de 19, Leandro Rodrigues da Silva, de 33, Lucas Gabriel Pontes da Silva, de 19, e Welington Pontes da Silva, de 27 anos. 
Durante as buscas realizadas na casa onde estava Lucas Gabriel, os policiais encontraram um revólver calibre .38, municiado.

FORAGIDOS

Dois homens não foram encontrados pelas equipes policiais e são considerados foragidos. São eles, Marcelo de Jesus Rosa Peres, de 23 anos, conhecido como “Tio Tonha”, e Alex Sandro Antero de Souza, de 28 anos, vulgo “Lequinho”.

 

PRIMEIRA FASE

Na primeira fase da Operação Adsumus, deflagrada no dia 22 de novembro, foram presos Darcy do Nascimento Junior, de 32 anos, Tiago Xavier Luna, de 29, Adrian da Costa de Araujo, de 28 anos e Wanessa Leite Mariano, de 27 anos. 

 

MENORES

Dois menores, um com 16 anos e o outro com 17, foram apreendidos. A dupla aparecia em vídeos e fotos praticando os crimes em companhia dos outros presos, algo que chocou até mesmo os policiais que investigam o caso.
Duas mulheres também foram presas. Elas foram encaminhadas para a Delegacia acusadas de tráfico de drogas, já que na residência onde estavam, foram encontradas porções de entorpecentes. 

 

DECAPITADOS

O trabalho de investigação da Operação Adsumus, do latim – “estamos presentes”, começou logo após o achado do primeiro cadáver decapitado, no dia 25 de outubro, que foi encontrado boiando no Rio Emboguaçu, no Porto dos Padres. Josemar Martins dos Santos, de 31 anos, morador na região, foi morto a facadas, e teve a cabeça cortada e o corpo jogado no rio. 
Quinze dias depois, outro corpo decapitado foi encontrado no mesmo rio e na mesma região. Osmar Teixeira Policarpo, de 35 anos, morador no Emboguaçu, também foi morto a facadas e teve a cabeça arrancada do corpo com requintes de crueldade. 
Outros dois casos semelhantes, registrados no começo deste ano e atribuídos ao grupo, também estão sendo investigados.

 

TRIBUNAL DE EXCEÇÃO DO CRIME ORGANIZADO

O Delegado Adjunto e Operacional da 1.ª SDP – Nilson Diniz, que comandou as investigações, confirmou a existência de um “Tribunal do Crime” em Paranaguá. “Existia um Tribunal de Exceção composto por integrantes de uma organização criminosa, os quais se reuniam e decidiam o futuro de delinquentes, na maioria das vezes autores de crimes sexuais, mas também delinquentes que estavam trazendo transtornos naquela região onde existia o comando da célula da organização criminosa. Havia a realização do julgamento e também a aplicação da sanção escolhida pelos membros de maior hierarquia na organização criminosa. Com a prisão desses indivíduos temos certeza de que este núcleo vai se encontrar enfraquecido, mas deixo claro que existem outras pessoas envolvidas, não são somente estas que foram presas. É nisso que a Polícia Civil trabalha para identificá-los, trazê-los aos autos e fazê-los responder por estes delitos”, completa Diniz. 

[videoyoutube]gpo4eYoofKs[/videoyoutube]

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.