Logotipo

Dupla é presa com mais de 50 mil e drogas em Guaratuba

09 de outubro de 2019

Ao verificar a identificação do abordado, os policiais constataram que havia um mandado de prisão em aberto.

Compartilhe

Uma ação policial deflagrada por equipes da 3.ª Companhia, do 9.º Batalhão de Polícia Militar, apreendeu mais de R$ 50 mil em dinheiro e porções de maconha e cocaína, em Guaratuba. Dois homens foram presos.

MANDADO DE PRISÃO

Durante patrulhamento de rotina, realizado pela Avenida Prefeito Miguel Jamur, no Bairro Mirim, na tarde de sexta-feira, 4, uma equipe da Polícia Militar abordou Paulo Renato Lucas, de 53 anos.

Ao verificar a identificação do abordado, os policiais constataram que havia um mandado de prisão em aberto. O documento foi expedido pela 2.ª Vara de Execuções Penais de Curitiba.

Diante da situação, Paulo Renato recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde ficou recolhido no setor de carceragem, à disposição da Justiça.

DINHEIRO E DROGAS

Uma denúncia anônima, recebida pela central 190 da Polícia Militar, no dia 7 de outubro, indicava que Paulo Renato, preso dias antes, teria envolvimento com o tráfico de entorpecentes no bairro Mirim. O denunciante relatou ainda, que na casa de Paulo, estaria um comparsa, e que o local era usado para esconder entorpecentes e dinheiro, proveniente do tráfico.

Várias equipes foram para o endereço indicado, uma casa na Travessa André Caxuba, e abordaram André Luiz Alves, de 45 anos, apontado na denúncia, como sócio de Paulo Renato.

Durante buscas no interior do imóvel, as equipes encontraram enterrado em um jardim de inverno, um pote de vidro com cerca de R$ 50 mil em dinheiro.

Dentro de um carro, que estava na garagem da residência, os policiais encontraram porções de cocaína e maconha.

André Luiz confirmou que o dinheiro encontrado na casa era proveniente do tráfico de entorpecentes.

Diante dos fatos e do material apreendido, André Luiz Alves recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Guaratuba.

As investigações continuam, já que os dois homens presos estariam ligados com a comercialização de entorpecentes na região do Bairro Mirim.


Colunistas