conecte-se conosco

Polícia

Criminoso é ferido após casal reagir a assalto em residência na Costeira

Criminoso ferido foi procurar ajuda da própria PM, através do Corpo de Bombeiros,

Publicado

em

Na madrugada de quinta-feira, 5, uma tentativa de assalto ocorrida na Costeira, na Rua Marechal Floriano, acabou com um dos suspeitos do quarteto de assaltantes ferido por arma branca por uma das vítimas: um casal de namorados de 25 e 21 anos. De acordo com a Polícia Militar, a quadrilha se aproximou das vítimas quando eles estavam chegando em sua residência, adentrando com eles sob mira de uma arma de fogo, que posteriormente foi identificada como simulacro pelo casal (réplica de arma), algo que fez com que uma das vítimas reagisse ao assalto desferindo golpe de faca em um dos assaltantes, afugentando o restante da quadrilha.

De acordo com o 9.º Batalhão da Polícia Militar, uma equipe foi acionada por volta das 4h20 para atender a uma situação de homem ferido por arma branca em via pública na Costeira, alegando ser vítima de roubo. A PM, já no deslocamento, foi informada de que a pessoa ferida teria ido até o Quartel do Corpo de Bombeiros para pedir socorro.

Foi então que a história teve uma reviravolta. Quando estavam chegando ao local, os policiais militares foram informados pelo casal de vítimas sobre a tentativa de assalto realizada por quatro criminosos, informando também que reagiram desferindo um golpe de faca em um dos autores. A PMPR conectou os pontos e percebeu que a suposta vítima que estava no Quartel de Bombeiros podia ser na verdade um criminoso. 

 

SOBRE O CASO

Os namorados informaram à PM que estavam chegando em sua residência quando foram surpreendidos por um carro Volkswagen Gol, placas ASQ-7544, de onde imediatamente quatro indivíduos saíram e anunciaram o assalto, adentrando na casa e pedindo informações sobre um possível cofre. Um deles mostrava uma arma de fogo e agredia a mulher na intenção de roubar seu celular, inclusive lesionando-a. 

Os criminosos empilharam pertences do casal para realizar a subtração, neste momento uma das vítimas, o homem, percebeu que a arma não era de verdade, mas sim um simulacro, imediatamente reagindo ao assalto. Ele tirou a arma do assaltante, pegou uma faca que estava na cozinha e entrou em luta corporal com um dos suspeitos, que inclusive seria o mais violento deles, desferindo e acertando golpes nele. O fato assustou a quadrilha, que fugiu e inclusive deixou o carro no local. 

Na “hora do desespero”, o criminoso ferido foi procurar ajuda da própria PM, através do Corpo de Bombeiros, inventando que teria sido vítima de assalto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, prestando os primeiros socorros e encaminhando o suspeito para o Hospital Regional do Litoral (HRL). O casal foi encaminhado à 1.ª Subdivisão Policial.

De acordo com informações das autoridades, o suspeito ferido é Rafael Marques Elias, vulgo “Xuxa”, com 31 anos, residente no Conjunto Santos Dumont e já teria passagem no sistema policial por furto. Ele teria usado o carro da própria mãe para a tentativa de assalto. Ele está internado no HRL, assim que for liberado será encaminhado à 1.ª Subdivisão Policial para as providências jurídicas cabíveis. 

O casal que foi vítima da tentativa de assalto foram encaminhados junto com a faca utilizada para legítima defesa até a Delegacia da Polícia Civil. Eles foram ouvidos, alegaram legítima defesa, foram ouvidos e liberados pelas autoridades policiais. O veículo Gol utilizado para o crime foi apreendido. A 1.ª SDP está à procura dos outros três envolvidos na tentativa de assalto. 
 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta