Logotipo

Corpo decapitado é encontrado no rio Emboguaçu em Paranaguá

08 de novembro de 2018

Pescadores que navegavam pela região logo cedo localizaram o corpo em uma prainha.

Compartilhe

Por volta das 9h20 de quinta-feira, 8, policiais militares foram acionados por moradores no bairro Beira Rio, os quais relatavam ter encontrado, boiando no Rio Emboguaçu, um corpo decapitado.

Ao chegar ao local indicado, o final da Rua Tupinambá, as equipes constataram o fato. Pescadores que navegavam pela região logo cedo localizaram o corpo em uma prainha.

Com a ajuda de uma embarcação do Corpo de Bombeiros, equipes das Polícias Militar e Civil, Criminalística e IML atravessaram o rio e, depois do trabalho de perícia, recolheram o corpo.

DECAPITADO

O corpo, que estava sem a cabeça, apresentava várias perfurações pelo corpo, principalmente pelos braços, provocados possivelmente por uma faca.

Um cadarço, enrolado em uma das mãos, chamou a atenção das equipes que recolheram o corpo. O homem, que aparenta ter entre 30 e 40 anos estava vestindo uma camiseta verde e cuecas. A cabeça não foi encontrada.

Esse é o segundo corpo decapitado encontrado na região.

DESAPARECIDO

Josemar Martins dos Santos, de 31 anos, morador na rua onde o corpo foi encontrado, estava desaparecido desde segunda-feira, 22. A família registrou o fato em um boletim de ocorrências e desde então procurava o homem. Uma sobrinha da vítima, que acompanhou todo o resgate, reconheceu Josemar por conta de uma tatuagem que ele tinha no braço. Como a cabeça não foi encontrada, para liberar o corpo no IML, onde foi recolhido, a família terá que aguardar exames específicos, cujo material já foi coletado

RELEMBRE O CASO 

No dia 25 de outubro, outro corpo decapitado foi encontrado boiando no Rio Emboguaçu.

Um pescador encontrou no final da manhã do dia 25, boiando no Rio Emboguaçu, um corpo decapitado. Equipes do Corpo de Bombeiros, que já procuravam a vítima, retiraram o corpo da água. A ocorrência foi registrada no final da Rua Pedro da Silva, no Porto dos Padres.

O corpo, sem a cabeça, estava com a região do tórax aberta e apresentava, ainda, várias perfurações de faca, pelas pernas. Familiares de um homem desaparecido na região, desde o dia 22, reconheceram a vítima, por conta de uma tatuagem em um dos braços. A cabeça não foi encontrada.

64.º HOMICÍDIO EM 2018 EM PARANAGUÁ

Com o achado deste cadáver, sobe para 64 o número de homicídios registrados em Paranaguá este ano. No litoral, são 123 casos. A Divisão de Homicídios da 1.ª SDP – Delegacia da Polícia Civil de Paranaguá - já está investigando o caso.

Colunistas