Logotipo

Cope, Bope e Denarc prendem três e apreendem drogas que seriam vendidas no Carnaval

09 de feveiro de 2018

Com os suspeitos foram apreendidos mais de R$ 1 mil em dinheiro

Compartilhe

A poucos dias do Carnaval, uma operação do  Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil do Paraná, em conjunto com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), unidade de elite da Polícia Militar do Paraná (PMPR), e a Denarc (Divisão de Narcóticos), prendeu na quinta-feira, 8, três pessoas em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e posse de munições. Outras três assinaram Termo Circunstanciado (TC) pelos crimes de posse de droga para consumo e posse de pássaros silvestres. 

A ação teve como objetivo cumprir cerca de 20 mandados de busca e apreensão em residências de pessoas ligadas ao tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo, crimes patrimoniais, como também homicídios. 
A equipe apreendeu um revólver calibre 38 municiado e importado, munições também de 38, balança de precisão, celulares (que serão analisados), além de uma grande variedade de entorpecente que seria comercializada na região, como maconha, haxixe, LSD, ecstasy, MDma, cocaína, mais de R$ 1 mil em dinheiro oriundos do tráfico de drogas, e também seis pássaros silvestres (três coleira, um canário e dois trinca ferro).

 “Conseguimos encontrar uma variedade grande de drogas, até mesmo sintéticas, muito usada em baladas. Não esperávamos encontrar grandes quantidades de drogas, pois os alvos eram pontos que vendem pequenas quantidades diretamente aos usuários fomentando os diversos crimes ligados ao narcotráfico além de buscar novas informações que nos permitam dar continuidade às investigações e chegar aos grandes traficantes da região”, falou o delegado responsável pela ação, Rodrigo Brown. 

De acordo com a polícia o trabalho de investigação começou há dois meses, após denúncias da população. “Os mandados expedidos pela Vara Criminal de Matinhos foram cumpridos eram residências que foram apontadas como pontos de tráfico de drogas, o que conseguimos confirmar com o trabalho de investigação dos policiais”, ressaltou Brown. 

“Além de trazer mais tranquilidade para os veranistas durante o feriado de Carnaval, as ações mostram a integração entre as equipes policiais em trabalho conjunto”, completou o delegado. 


O trio autuado por diferentes crimes permanece preso na carceragem da Delegacia Cidadã de Matinhos, à disposição da Justiça.

Fotos: Polícia Civil do Paraná







Colunistas