Logotipo

Caminhoneiro acusado de adulteração de produto e furto qualificado é preso

14 de maio de 2019

A PCPR prendeu um caminhoneiro suspeito de furtar metade de uma carga de 27 toneladas de fertilizante, além de adulterar o produto com substâncias nocivas à saúde.

Compartilhe

A Polícia Civil do Paraná prendeu, na semana passada, um homem, de 32 anos, suspeito de furtar metade de uma carga de 27 toneladas de fertilizante, além de adulterar o produto com substâncias nocivas à saúde. A prisão aconteceu no Contorno Sul, próximo à Cidade Industrial de Curitiba (CIC), onde foram localizados o caminhão e a carga. 
A proprietária da carga havia contratado o homem para fazer o transporte do produto até a cidade de Castro. O caminhão foi carregado no dia 30 de abril, em Paranaguá e deveria chegar em seu destino no dia 2 de maio. Entretanto, a carga chegou até Castro no dia 4 de maio e foi recusada pelo destinatário após ser avaliada e constatar adulteração no produto. 


Conforme apurado, o motorista do caminhão teria ficado parado mais de 12 horas seguidas próximo a um pedágio da BR-277, possivelmente para realizar o furto e adulteração da carga. 


Na delegacia, o homem alegou que sua parada teria sido por problemas mecânicos no caminhão e para o descanso. Ele não possuía antecedentes criminais e foi autuado em flagrante por adulteração de produto, tornando-o nocivo para a saúde, e furto qualificado. 
O motorista encontra-se preso à disposição da Justiça.

Com informações da PCPR

Colunistas