Connect with us

Pensar Verde

Apenas mais uma reflexão

Esta introdução serve para notarmos que existe uma estrutura de poder bastante importante para que os anseios da população sejam ouvidos.

Publicado

em

Volta e meia me deparo com matérias jornalísticas questionando as ações do Poder Público. Primeiramente vale lembrar que o Poder Público é composto por três entes: Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário. O Executivo recebe em uma eleição a missão de governar e administrar os interesses do povo cumprindo as leis e a Constituição Federal em todas as esferas, sejam elas nacional, estaduais ou municipais. O Legislativo assume a missão de elaborar as leis de regulação do Estado. O Congresso Nacional, as Assembléias Legislativas e as Câmaras Municipais traduzem com os seus representantes a variedade de conhecimentos populares. Já o Judiciário defende os direitos do cidadão promovendo a justiça na sociedade.

Esta introdução serve para notarmos que existe uma estrutura de poder bastante importante para que os anseios da população sejam ouvidos e tratados de maneira em que todos se sintam representados e acolhidos em seu território. O que hoje nos causa surpresa é o fato de que faltam ainda, para boa parte da sociedade, a compreensão de que nem sempre a vontade do indivíduo prevalece sobre o coletivo. Entramos em um jogo em que só existem duas alternativas corretas: ou o SIM ou o NÃO. Seria inteligente de nossa parte se buscássemos o equilíbrio entre os opostos. Devemos trocar o “não pode” pelo “como pode”. Ouvi certa vez que quando proibimos tudo, ao mesmo tempo estamos liberando tudo.

Não existe atualmente, estrutura de poder com suficiência em controlar o “não pode” e isso tem feito com que danos importantes ao nosso ambiente ocorram. A cada dia temos mais ocupações irregulares em áreas de risco ocorrendo. Encostas de morros, beira de rios e mangues estão sendo diariamente ocupadas. Nestes casos a preocupação vai além da questão ambiental. Passa a ser uma questão social.

A vida das pessoas que ocupam estes lugares está em risco. O desafio é fazer com que o poder público consiga criar alternativas de moradia para estas pessoas. Ninguém ocupa uma área de risco para morar com a sua família por simples escolha.

O alto valor dos imóveis, os salários que não cobrem as despesas do dia a dia, o desemprego e as crises econômicas em geral deixam um legado que abandona apenas o quesito econômico. Precisamos com muita urgência trazer este debate para a sociedade. As cidades são como seres vivos e o seu alimento é o planejamento. Devemos planejar melhor as cidades e abandonar as cópias de Planos Diretores que não funcionaram. Inovar e agir é preciso!

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.