Connect with us

Páscoa

Páscoa é momento de famílias ensinarem o verdadeiro sentido da data às crianças

A mãe dos gêmeos Miguel e Gabriel, Alessandra Mezzari, procura passar às crianças os valores da Páscoa por meio da fé, dos exemplos e das brincadeiras

Publicado

em

Assim como o Papai Noel no Natal, o coelhinho na Páscoa assume, muitas vezes, o papel de protagonista da festa. As comemorações giram em torno dos ovos de chocolate e da história lúdica contada às crianças nesta época. Até chegar o momento em que deixam de acreditar na figura do coelho e descobrem que o chocolate é comprado pelos pais no supermercado. Falar sobre o verdadeiro significado da Páscoa com as crianças é um desafio, mas também uma oportunidade para as famílias contarem a elas os simbolismos cristãos presentes na data.

Emily Quinholi e o marido, Luís Fernando Gonçalves Guimarães, incentivam Guilherme a seguir as tradições

A mãe de Guilherme, de um ano e dez meses, Emily Quinholi, disse que a Páscoa em sua família é comemorada de maneira cristã, mas que também incentiva a troca de chocolates. “Principalmente, entre as crianças, mas sempre as lembramos que a Páscoa é o momento de celebrar Jesus Cristo, sua crucificação e ressurreição. Essa é uma das datas mais importantes do nosso ano, pois foi quando Jesus morreu por nós, mesmo pecadores. Jesus derramou sangue por nós, por isso devemos lembrar que essa data não fará sentido se não amarmos o próximo, igualmente a Jesus, independente do que cada um é ou faz, simplesmente por sermos humanos, todos iguais”, disse Emily.

Apesar de Guilherme ser muito novo, é possível passar os valores através de ações e sentimentos. “Queremos que ele sempre veja e sinta o quão maravilhoso é ser amado por Cristo e celebrar sua ressurreição. Presentear nossos filhos com chocolates e fazê-los se sentir especiais é muito satisfatório, mas é de extrema importância que nós, adultos, nunca deixemos de passar o verdadeiro significado da Páscoa para eles, cada pai da sua maneira. Acho importante preservar a fantasia do coelho da Páscoa, assim como fada do dente e Papai Noel, pois estamos lidando com a ingenuidade das crianças e não existe nada mais bonito que isso”, contou Emily.

Pais aproveitam a data para transmitir valores como amor ao próximo, renascimento e fé aos filhos

RESPEITO AOS VALORES

A mãe dos gêmeos Miguel e Gabriel, de um ano e cinco meses, Alessandra Mezzari, afirmou que segue todas as celebrações católicas, respeitando os valores passados de gerações.

“Nos reunimos, no domingo de Páscoa, consumimos chocolate como todo mundo, porém sem esquecer o real significado da Páscoa, que é o Cristo vivo. Essa data significa recomeço, uma nova oportunidade de rever o que fazemos e melhorar cada vez mais, um novo ciclo. Quero passar esses valores a eles por meio da fé, dos exemplos e das brincadeiras. Nessa idade uso a ludicidade para contar a história”, comentou Alessandra.

O apelo pelo consumo de chocolate, principalmente para as crianças, com os ovos e os famosos brindes, exige dos pais um cuidado ainda maior. “Eu não comprei ovos, comprei alguns chocolates e brinquedos à parte, que são bem mais baratos. Mas, o que vale é a brincadeira, o momento produtivo com eles, que é muito mais importante do que um ovo caro e um brinquedo mínimo”, observou Alessandra.

Apesar de respeitar os valores, o coelhinho da Páscoa não fica de fora da festa. A mãe dos gêmeos contou que usa dessa fantasia para exercitar a imaginação das crianças. “O gostoso é a brincadeira de caçar os ovinhos, seguir as pegadas. Além da imaginação, aproveito para trabalhar coordenação motora, estímulo visual, concentração e memória. Mas, sem jamais esquecer o verdadeiro significado da data, procuro trabalhar historinhas, principalmente aquele vídeo da história da Páscoa contada por crianças”, concluiu Alessandra.

Continuar lendo