Connect with us

Natal

Natal é tempo de ensinar sobre doação e generosidade às crianças

Guardar dinheiro ao longo do ano e doar roupas e brinquedos são alguns dos comportamentos que podem ser incentivados pelos pais

Publicado

em

Fim de ano é época de confraternização e festas, mas também é momento de ensinar as crianças os verdadeiros sentidos do Natal e o porquê dele ser tão especial. Segundo a psicóloga Adriana Grosse, o consumo exacerbado e a espera do Natal somente pelo presente podem tornar as crianças egoístas. Para que isso não ocorra, além de lembrar que a data se justifica pelo nascimento de Jesus, os pais podem aproveitar para propor alguns ensinamentos que podem ser levados para toda a vida.

Para Adriana, apesar de haver um apelo pela troca de presentes, este não deve ser o foco.

“O fim de ano traz felicidade para muitos, pois grande parte das pessoas entra em clima de confraternização, reencontros familiares e entre amigos. O Natal, apesar de ser uma festa cristã, é comemorado por todos. Infelizmente, hoje, o Natal é visto como uma troca de presentes. Por isso temos que ter cuidado com o que ensinamos a nossas crianças, porque virou um consumismo exacerbado. As crianças esperam pelo Natal somente pelos presentes que ganham e, na verdade, isso que devemos mudar”, disse a psicóloga.

De acordo com ela, a saída é pensarmos no Natal como uma oportunidade de troca. “Esse é o verdadeiro espírito da data. As nossas crianças estão acostumadas a ganhar e, com isso, os pais barganham o ano inteiro, se eles forem bons na escola, quando crianças, e se distorce o verdadeiro sentido. Nós podemos fazer o contrário, aproveitar a data para ensinar muitas coisas boas para as crianças”, afirmou Adriana.

“É um momento importante de separar roupas, brinquedos, mas também de presentear alguém, ser empático e se colocar no lugar de outra pessoa”, declarou a psicóloga

Dentre os bons ensinamentos elencados pela psicóloga estão: o amor, a troca, a bondade e generosidade, por meio da lenda do Natal e da vinda do menino Jesus.

“A lenda do Natal foi inspirada pela vinda de um bispo, Nicolau de Mira, que viveu na região da Turquia no séc. III e ficou conhecido pela sua bondade e generosidade. Quando pensamos em Papai Noel foi através do bispo Nicolau, que costumava arrecadar alimentos e brinquedos e entregar anonimamente. Na época, ele já ajudava os pobres. Podemos trazer para nossas crianças uma cultura de troca, para não somente ganhar o presente, mas sim dar um presente, se doar. O verdadeiro espírito natalino está no Papai Noel no sentido de troca e, para os cristãos, a vinda do menino Jesus, que nasceu por amor. O Natal é doação e não como estamos acostumados, em um sentido mais egoísta, no pensamento do que eu vou ganhar”, explicou Adriana.

EMPATIA E DOAÇÃO

Para isso, a psicóloga aconselha os pais a trabalharem a empatia, para se ver no lugar do outro. “Tudo bem ganhar um presente, mas o que eu posso dar para ajudar o outro? E não apenas o que é velho, pois no fim do ano vemos muitas doações para asilos e creches. Os asilos ganham muito alimento, as crianças muito brinquedo e isso se perde. Por isso, podemos implantar nas nossas crianças que isso não deve acontecer apenas no fim do ano, que podemos fazer isso três ou quatro vezes durante o ano”, acrescentou Adriana.

Ganhar presentes não deve ser o foco do Natal para as crianças

Durante o ano, os pais podem incentivar a doação de roupas e brinquedos que não têm mais utilidade. “Uma atitude pode ser olhar o guarda-roupa e ver o que não serve mais, ver quais brinquedos não são mais usados pelas crianças. Como é uma troca, é importante que a gente trabalhe também o egoísmo. Fazer com que eles juntem dinheiro no porquinho para comprar o seu presente ou um presente para alguém, seja para doação, seja para o amigo secreto, no qual também podemos usar como uma troca”, sugeriu Adriana.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.