Logotipo

Médicos retiram nove dentes do cérebro de uma criança de cinco anos

10 de outubro de 2018

Estruturas ósseas teriam se desenvolvido a partir de um tumor, que não havia sido detectado antes

Compartilhe

Depois de seis horas de cirurgia, médicos conseguiram remover nove dentes que estavam no cérebro de uma criança chinesa de 5 anos. Segundo os especialistas que atuaram na craniotomia, os dentes no cérebro se desenvolveram em um tumor que não havia sido detectado desde que o menino nasceu.

Os pais da criança nunca suspeitaram dos dentes no cérebro , conforme relatou o jornal online britânico Mirror. O menino chegou ao hospital depois de ter sofrido uma queda. Segundo a mãe, desde então ele tinha vomitado muito e reclamado de fortes dores na cabeça.

Ao ser examinado, os médicos detectaram um tumor chamado teratoma. Formado por vários tipos de células germinativas. Essas células, quando se desenvolvem, podem dar origem a vários tipos de tecidos do corpo humano, como cabelos, pele, dentes, unhas e até dedos.

 

Dentes no cérebro não são comuns

Na maioria das vezes, esse tipo de tumor é mais frequente em ovários, no caso das mulheres, ou testículos, para homens. Mas pode aparecer em qualquer lugar, como aconteceu com a criança da China.

A cirurgia foi feita no Hospital Infantil da Universidade de Medicina de Zhejiang, na histórica cidade de Hangzhou. "O cérebro humano é delicado como um tofu, ainda mais o de uma criança. Foi como retirar ossos de um ovo cru. Foi uma cirurgia muito complicada", declarou Shen Zhipeng, cirurgião responsável pelo caso.

"Todos sabem que leucemia é o câncer mais comum em crianças, mas poucos sabem que tumores no sistema nervoso central são o segundo tipo mais frequente", acrescentou ele.


Dentes no nariz

Foto: Reprodução/AsiaWire


Outro caso na China também chamou a atenção pelo inusitado: identificada pelo sobrenome Xia, uma mulher de 57 anos viveu décadas com um constante e inexplicável sangramento nasal. Durante todo esse tempo, ela acreditou sofrer de um caso severo de rinite. Porém, alguns exames revelaram o que nenhum outro médico conseguiu explicar: a causa para o sangramento da mulher era um dente, que nasceu dentro de seu nariz. 

A mulher foi atendida no Hospital Hunan Provincial People, na cidade chinesa de Changsha, por uma equipe de médicos que, no início, não identificaram o objeto como um dente . Em entrevista ao Daily Mail , o otorrinolaringologista Zhou Jianpo explicou que os exames demonstraram uma sombra de alta densidade na cavidade nasal da paciente. 

“Nós pensamos que aquilo era um objeto estranho ou algum tipo de pedra”, detalhou.

Após levarem a chinesa para a sala de cirurgia, os especialistas ficaram chocados ao descobrirem que o motivo para o sangramentos era uma pequena formação dentária completa, com direito à raiz e à coroa.

Desde então, Xia revelou não sofrer mais com os sintomas e estar "muito aliviada" com o fim dos sangramentos nasais.

Fonte: Saúde - iG

Colunistas