Connect with us

Meio Ambiente

Meio ambiente deve considerar desenvolvimento e conservação

Há evidente queda de braço entre desenvolvimentistas e conservacionistas.

Publicado

em

A área de meio ambiente ainda não tem nomes indicados, nem na esfera estadual e nem em âmbito nacional. Há evidente queda de braço entre desenvolvimentistas e conservacionistas. O certo é que neste setor existe um nó a ser desatado para que o Paraná e o Brasil comecem a avançar com mais rapidez.

Tanto o ministério como a secretaria estadual do Meio Ambiente são peças fundamentais para que empreendimentos produtivos saiam do papel. As pastas e os órgãos vinculados a elas é que podem fazer acelerar ou frear projetos de interesse da nação.

O presidente eleito Jair Bolsonaro já declarou que pretende escolher um ministro que “defenda os interesses do País”. Com esta posição, deixa clara a sinalização de que deverá indicar um profissional com perfil desenvolvimentista.

A intenção vai de encontro com o que espera a Sociedade Rural Brasileira (SRB), por exemplo. Em nota, a entidade diz esperar a indicação de um nome que possam conciliar os interesses do produtor rural pelo aumento da produtividade com as questões ambientais de “forma objetiva, com prioridade ao respeito às leis e às instituições”. Marcelo Vieira, presidente da SRB, defende o nome do advogado paulista Ricardo Salles. “É um profissional que pode trazer modernidade, segurança jurídica e eficiência para a gestão do Ministério”, afirmou.

O Paraná experimenta algum radicalismo na questão do meio ambiente. Exemplo disso é que um dos principais projetos elaborados pelo Governo do Estado, a Faixa de Infraestrutura do Litoral, está travado por conta da discussão ambiental. Mesmo que haja dentro da proposta uma série de compensações em relação a impacto da obra sobre ecossistema, o assunto acabou judicializado por influência de grupos ambientalistas.

O governador eleito Ratinho Jr (PSD) afirmou durante a campanha eleitoral que entende que a preservação ambiental tem que caminhar junto com a necessidade de desenvolvimento regional. Ele declarou que nesta área as decisões precisam ser eminentemente técnicas.

Esta posição está em linha com o desejo do setor produtivo do Paraná. A Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP) também defende que a atuação do setor público na esfera ambiental deve ser aliada da produção e da preservação.

Da Redação ADI PR

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.