Logotipo

Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste é ativado em Paranaguá

29 de novembro de 2019

Missão é fiscalizar e apoiar a sinalização náutica dos Estados de São Paulo e Paraná.

Compartilhe

O Comando do 8.º Distrito Naval (Com8DN) ativou, em cerimônia militar realizada na tarde de sexta-feira, 29, o Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste (SSN-8). A nova Organização Militar tem como missão operar, manter, instalar, desativar e fiscalizar os sinais de auxílio à navegação, fixos e flutuantes em dois Estados: São Paulo e Paraná. A área de abrangência das atividades envolve a segurança da navegação marítima em dois dos principais portos comerciais do Brasil: o Porto de Santos, em São Paulo; e o Porto de Paranaguá, no Paraná.

A Mostra de Ativação do SSN-8 aconteceu nas instalações da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), às margens do Rio Itiberê em Paranaguá. O Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste funcionará na mesma sede da CPPR. A solenidade foi presidida pelo Comandante do 8.º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, e contou com a presença do Comandante do 8.º Distrito Naval nomeado para assumir em 5 de dezembro o cargo, Vice-Almirante Sergio Fernando de Amaral Chaves Junior, além de autoridades militares e civis do litoral paranaense. Na oportunidade, o Vice-Almirante Mello deu posse ao Encarregado do SSN-8, Capitão-Tenente Fabiano Correia das Neves.

Na cerimônia, foi lida a portaria n.º 277 do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, com a determinação de criação do SSN-8 com “semiautonomia administrativa, devendo ser apoiada pela Capitania dos Portos do Paraná, que proverá os recursos de pessoal e financeiros necessários à execução de suas tarefas, com sede na cidade de Paranaguá, Estado do Paraná, subordinada ao Comando do 8.º Distrito Naval, com o propósito de contribuir para a segurança da navegação nas áreas que lhes forem atribuídas.” Ao todo, o SSN-8 inicia os serviços de sinalização náutica com três Oficiais e 27 Praças, entre sargentos, cabos e marinheiros.

O Comandante do 8.º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, falou que o novo Serviço de Sinalização Náutica dará mais eficácia ao serviço da Marinha do Brasil nesta área. “A consolidação destas atividades em um único serviço, sediado em Paranaguá e responsável por toda a costa, vai permitir que a gente otimize muitos recursos, planejar-se ao longo do ano e a grande beneficiada será a segurança da navegação”.

O Encarregado do SSN-8, Capitão-Tenente Fabiano Correia das Neves, disse que o desafio da nova Organização Militar é grande devido à responsabilidade envolvida com a navegação em dois Estados como São Paulo e Paraná. “Aqui em Paranaguá principalmente, há uma comunidade voltada para a navegação, com muitos barcos pesqueiros, além do Porto de Paranaguá, primeiro em transporte de grãos. Há um crescimento e a Marinha vem se preocupando em evoluir junto”.

Da Assessoria da Capitania


Colunistas