Logotipo

Rajadas de vento causam incidentes

05 de novembro de 2018

Os cabos de amarração do navio “MSC Ajaccio” romperam-se por volta das 15h20 do cais de atracação do Terminal de Contêineres Paranaguá (TCP)

Compartilhe

A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), informa que dois incidentes de navegação foram registrados na Baia de Paranaguá devido à chuva com fortes rajadas de vento na tarde deste sábado, dia 03 de novembro de 2018.

A amarração da embarcação “Superagui” soltou-se do Terminal de Embarque de Paranaguá, às margens do Rio Itiberê na região do Centro Histórico da cidade por volta das 15h30 e, à deriva, colidiu com o Cais Flutuante da Capitania dos Portos do Paraná.

Os militares conseguiram amarrar a embarcação após o acidente, que gerou danos materiais ao Cais Flutuante. A embarcação “Superagui” foi atracada à CPPR até a chegada do proprietário, que foi notificado a prestar esclarecimentos.

Os cabos de amarração do navio “MSC Ajaccio” romperam-se por volta das 15h20 do cais de atracação do Terminal de Contêineres Paranaguá (TCP), no Porto de Paranaguá, e a embarcação afastou-se rumo às boias.

O navio foi seguro por rebocadores e, com a coordenação de um prático, foi fundeado por volta das 17h. Uma perícia será realizada por Vistoriadores Navais da Capitania dos Portos do Paraná no navio e nos cabos rompidos.

Um Inquérito Administrativo será aberto para cada um dos incidentes com o objetivo de apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades dos fatos.

Colunistas