Logotipo

Núcleo de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste realiza reparos em farolete e boia no acesso ao Porto de Paranaguá

09 de agosto de 2019

No Farolete da Ilha das Cobras, o NSSN-8 realizou a troca do equipamento luminoso e da bateria.

Compartilhe

O Núcleo de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste do Comando do 8.º Distrito Naval (NSSN-8), sediado na Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), realizou no mês de julho deste ano reparos de manutenção no Farolete da Ilha das Cobras e na Boia Itiberê n.º 4. Os dois instrumentos fazem parte do conjunto de sinais balizadores no Canal da Galheta, acesso ao Porto de Paranaguá no litoral paranaense. O local é área de tráfego de cerca de 2 mil navios anualmente, os quais transportam aproximadamente 45 milhões de toneladas de cargas por ano.

No Farolete da Ilha das Cobras, o NSSN-8 realizou a troca do equipamento luminoso e da bateria. Já na Boia Itiberê n.º 4 foi necessária a troca da bateria interna. O restabelecimento destes sinais náuticos contribui para a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana e a prevenção da poluição hídrica a partir de embarcações ao dar confiabilidade para a navegação nas proximidades da área portuária.

O Núcleo de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste foi criado no início de 2019 para atender a área marítima do litoral dos Estados de São Paulo e do Paraná com a missão de operar e manter os sinais de auxílio à navegação sob responsabilidade da Marinha do Brasil. Além disto, o NSSN-8 realiza a fiscalização dos sinais operados pelas administrações dos portos e terminais em dois Estados de intenso tráfego marítimo, principalmente de navios mercantes e com áreas de exploração de petróleo em alto-mar. Além do Porto de Paranaguá, o núcleo realiza atividades nas proximidades do Porto de Santos, o maior do país.

CIDADÃO-FISCAL

A Capitania dos Portos do Paraná incentiva todo cidadão que verificar atos de vandalismo nos instrumentos de sinalização náutica a informar o mais rápido possível à CPPR por intermédio do Disque-Segurança da Navegação no (41) 3721-1542.

As informações podem ser encaminhadas ainda por e-mail no cppr.faleconosco@marinha.mil.br. Mais informações também estão no site da Capitania: www.marinha.mil.br/cppr/. Pedidos de Busca e Salvamento podem ser feitos ainda pelo número 185.

Da Assessoria da Capitania

Foto: Capitania dos Portos do Paraná

 

Colunistas