Logotipo

Lideranças portuárias celebram ativação do Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste em Paranaguá

29 de novembro de 2019

SSN-8 terá sede dentro da área de Marinha de Paranaguá e contará com equipe própria e apoio da Capitania dos Portos

Compartilhe

Comando do 8.º Distrito Naval realizou cerimônia para ativar o SSN-8 que irá beneficiar a segurança na navegação no Paraná

Na tarde de sexta-feira, 29, a Marinha do Brasil, através do Comando do 8.º Distrito Naval (Com8DN), realizou uma cerimônia de Mostra de Ativação do Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste (SSN-8) que a partir de agora possui sede na área da Marinha em Paranaguá e possui o apoio da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR).

O evento teve a participação do comandante do 8.º Distrito Naval, vice-almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, do comandante do Com8DN nomeado, vice-almirante Sérgio Fernando de Amaral Chaves Júnior, do capitão dos Portos do Paraná, capitão de Mar e Guerra Rogerio Antunes Machado,  do encarregado que foi nomeado na solenidade do SSN-8, Capitão-Tenente Fabiano Correia das Neves, bem como de autoridades e lideranças portuárias, que celebraram a ativação do Serviço de Sinalização Náutica como forma de prestigiar Paranaguá, os Portos do Paraná e a segurança marítima no litoral.

Prédio onde ficará sediado o SSN-8 foi local da cerimônia de ativação

O comandante do 8.º Distrito Naval, vice-almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, destacou a importância dos portos paranaenses para a economia local e do litoral do Paraná como ponto estratégico da Marinha no Brasil. "Este tipo de atividade, quanto mais coordenada e supervisionada ela for pelo distrito, mais a gente tem condições de fazê-la com eficácia. A consolidação dessas atividades em um único serviço sediado aqui em Paranaguá e responsável por toda a costa do Estado de São Paulo e do Paraná vai permitir que a gente otimize recursos, se planeje, faça as atividades que precisam ser feitas. A grande beneficiada é a segurança na navegação", explica, destacando que o serviço será diretamente subordinado ao Com8DN. "Paranaguá se consolida como o maior segundo porto do Brasil em movimento de carga e o SSN-8 sediado aqui rende esta homenagem ao Porto pela importância dele para a economia do País", complementa.

Diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia da Silva, vice-presidente da Soamar Paraná, Antonio Saad Gebran Sobrinho, diretor da TCP, Juarez Moraes e Silva, vice-almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, vice-almirante Sérgio Fernando de Amaral Chaves Júnior, presidente da Soamar Paraná, Geert Jan Prange e presidente da Sindapar, Argyris Ikonomou

"O Serviço de Sinalização Náutica é voltado principalmente para a parte de sinalização, com foco no controle, manutenção, criação de novos balizamentos, cuidado com os faróis, entre outros itens. Normalmente ele fica atribuído às capitanias, mas como o 8.º Distrito cresceu em sua jurisdição a Marinha entendeu por bem criar um Serviço de Sinalização. Ele concentra os recursos voltados para área para um trabalho ainda mais bem feito", afirma o Capitão-Tenente Fabiano Correia das Neves, que foi nomeado encarregado do SSN-8 na cerimônia, que é o oitavo serviço do Brasil. "Paranaguá é uma comunidade voltada para a navegação, sem contar os portos paranaenses, com o Porto de Paranaguá sendo o primeiro do País em transporte de grãos. É um crescimento e a Marinha se preocupa em evoluir sempre junto com o Brasil", acrescenta. De acordo com ele, o SSN-8 será sediado em Paranaguá e será apoiado pela CPPR, com jurisdição do 8.º Distrito.

"Quanto mais coordenada e supervisionada essa atividade for pelo distrito, mais a gente tem condições de fazê-la com eficácia", afirma o comandante do 8.º Distrito Naval, vice-almirante Claudio Henrique Mello de Almeida

Capitão-Tenente Fabiano Correia das Neves foi nomeado encarregado do SSN-8

LIDERANÇAS PORTUÁRIAS

O SSN-8 terá como responsabilidade operar e manter os sinais de auxílio à navegação sob responsabilidade da Marinha do Brasil e fiscalizar os sinais operados pelas administrações dos portos e terminais nos Estados de São Paulo e Paraná. De acordo com o diretor-presidente da empresa Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia da Silva, o avanço é positivo para o setor portuário paranaense. "A instalação deste centro de sinalização é um reconhecimento a Paranaguá e ao Paraná e da nossa importância, além de que o local dará apoio à navegação em São Paulo. É mais uma ação da Marinha do Brasil voltada à segurança na navegação que é aquilo que nós mais prezamos, com uma navegação ainda mais segura e uma atração maior para os clientes utilizarem os portos do Paraná", destaca. "É um prestígio muito grande, pois temos uma região com uma mesma cobertura com o porto de Santos", explica.

"A instalação deste centro de sinalização é um reconhecimento a Paranaguá e ao Paraná e da nossa importância", destaca o diretor-presidente da empresa Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia da Silva

"O Porto a cada dia tem avanços e melhorias que a comunidade tem que comemorar, isso é fruto da integração da Marinha, da autoridade portuária e da comunidade marítima como um todo. Hoje foi mais uma etapa. Sem dúvida um dos princípios fundamentais da Marinha do Brasil é a segurança na navegação e esse projeto que se realizou hoje consolida ainda mais a navegação nesse sentido nas baías de Paranaguá e Antonina. Comemoramos e enaltecemos a nossa Marinha, que é sempre um motivo de orgulho e honra para todos nós", finaliza o diretor da TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, Juarez Moraes e Silva.

Diretor da TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, Juarez Moraes e Silva, destaca importância da Marinha para a segurança na navegação em Paranaguá

O evento contou com a presença do presidente da Sociedade Amigos da Marinha - Paraná (Soamar Paraná), Geert Jan Prange, do vice-presidente da Soamar Paraná, Antonio Saad Gebran Sobrinho, do presidente do Sindicato das Agências de Navegação Marítima do Estado do Paraná (Sindapar), Argyris  Ikonomou, do secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva, representando o prefeito Marcelo Roque, entre outras autoridades e lideranças civis e empresariais de Paranaguá.

Placa de inauguração da SSN-8 foi descerrada pelas autoridades


Colunistas