Logotipo

Capitania dos Portos do Paraná realiza a Operação Travessia Segura 

04 de março de 2019

Neste ano, 373 abordagens foram realizadas pelas equipes de Inspeção Naval da CPPR a barcos que realizam o transporte de pessoas.

Compartilhe

A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) realizou a Operação Travessia Segura, no contexto da Operação Verão 2018/2019, e aumentou a quantidade de embarcações de transporte de passageiros e turismo náutico inspecionadas em 24%. Neste ano, 373 abordagens foram realizadas pelas equipes de Inspeção Naval da CPPR a barcos que realizam o transporte de pessoas, principalmente para atividades turísticas, nas cidades de Guaratuba, Pontal do Paraná e Paranaguá. No ano passado, foram 299 inspeções. A Operação Travessia Segura aconteceu no mês de janeiro em todo o País com foco especial na segurança da navegação envolvendo as embarcações de transporte de passageiros.
A intenção da Marinha do Brasil é garantir que as atividades de lazer no período de férias nas regiões litorâneas e nos balneários aconteçam de acordo com as Normas da Autoridade Marítima para minimizar os riscos de acidentes. A fiscalização é contínua, mas é intensificada durante a Operação Travessia Segura. No caso do litoral paranaense, a principal atuação acontece nas embarcações que transportam turistas para as ilhas e praias do estado a partir de terminais de embarque.
A ação resultou ainda na emissão de 20 autos de infração neste ano. As principais irregularidades constatadas são a presença de tripulantes não inscritos e o transporte de carga sem autorização e sem espaço específico para isto. Ambas as situações colocam em risco a segurança da navegação.


CIDADÃO-FISCAL

A CPPR conta com o apoio da população para auxiliar na fiscalização. Qualquer cidadão que verificar irregularidades com embarcações, como manobras perigosas; falta de itens de segurança; condutores alcoolizados; e problemas com coletes salva-vidas ou na habilitação dos condutores pode ligar para o Disque-Segurança da Navegação no (41) 3721-1542. As in-formações podem ser encaminhadas ainda por e-mail no cppr.faleconosco@marinha.mil.br.

Da Assessoria da Capitania
Foto: Capitania dos Portos do Paraná

Colunistas